Buscar
  • PENSE NISSO Teológica

Uma Porta Perdoadora?

Você já imaginou quantas portas você utiliza ao longo do seu dia? Seja dentro de sua própria casa, como a porta do quarto ou do banheiro, seja no trabalho, na escola, no mercado, no banco ou na igreja. E qual a finalidade destas portas? Possibilitar o acesso a um local, bem como proteger, proporcionar privacidade, fechar.


Porém, na cidade italiana de Áquila, mais especificamente na Basílica de Santa Maria de Collemaggio, existe uma porta, digamos assim, diferenciada. Em 1924 o então Papa Celestino 5º declarou que quem atravessasse a porta principal daquela Basílica receberia o perdão dos seus pecados. Esta absolvição estava cancelada desde o ano de 2009, quando um grave terremoto causou destruição e morte na região, atingindo inclusive a porta perdoadora. Porém, neste ano a porta foi reinaugurada, oferecendo perdão a todo aquele que passar por ela.


Por falar nisto, é inevitável lembrar da porta de uma outra igreja. Vamos sair de Áquila, na Itália, e vamos para Wittenberg, na Alemanha. E desta vez a porta não tem poder de oferecer perdão, mas sim, de testemunhar a verdade. Em 31 de Outubro de 1517 o jovem e promissor padre e professor universitário Martinho Lutero pregou na porta da igreja do Castelo de Wittenberg as 95 teses contra o abuso do clero com o povo. E, dentre as quais, estava a comercialização do perdão dos pecados. Bem, aí a gente conhece o resto da história. Aquela porta de Wittenberg testemunhou o início da Reforma Luterana que, neste ano, vai comemorar o seu 501º aniversário.


Os ecos da Reforma Luterana continuam a ressoar e a confrontar os mesmos erros. Não há como concordar que uma porta ofereça perdão dos pecados. Acima de qualquer decreto ou lei humana está a Palavra de Deus, que sublinha insistentemente que

“Deus perdoou todos os nossos pecados e anulou a conta da nossa dívida, com os seus regulamentos que nós éramos obrigados a obedecer. Ele acabou com essa conta, pregando-a na cruz.” (Colossenses 2.13-14)


Somos perdoados somente por causa da graça de Deus, somente pela fé em Cristo, e isto aprendemos somente pela Palavra de Deus!


Então fica a dica: atravessar uma porta nos garante perdão? Que nada! Nos juntamos ao apóstolo Pedro para dizer que “todos os profetas falaram a respeito de Jesus, dizendo que os que creem nele recebem, por meio dele, o perdão dos pecados” (Atos 10.43).




Pastor Bruno A Krüger Serves

9 visualizações
 

Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter

© 2020 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados