Uma certeza num mundo cheio de certezas incertas!


A reação de qualquer pessoa diante do que lhe é dito é: você tem certeza?


As pessoas querem ter certeza! Seja diante de algum negócio ou alguma notícia.


Ao refletir sobre certeza, você tem certeza da salvação? Se você morresse hoje, tem certeza de que Deus o receberia no céu?


Infelizmente muitos não têm essa certeza! Mesmo entre cristãos, são poucos os que a têm certeza de sua salvação.


Conforme a lei de Deus, todos nós estamos pedidos, condenados e merecemos a eterna condenação. Não temos forças e nem sequer é possível por nós mesmos mudar esse terrível quadro. Precisamos de um salvador! O que nenhum ser humano pôde fazer, Deus realizou por seu Filho, Jesus Cristo. “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3.16).


A salvação está em Cristo! Como eu obtenho essa salvação?


A Palavra de Deus responde que é por arrependimento e fé. Arrependimento é reconhecer os pecados e como pecador sou condenado pela lei de Deus e perdido, pois não posso salvar a mim mesmo.


O ser humano se julga necessitado de tantas coisas, e busca de todas as maneiras suprir suas supostas necessidades. E, é apenas pelo Espírito Santo que pela Palavra de Deus nos mostra a necessidade de salvação. O arrependimento não é uma obra nossa, mas do Espírito Santo que mostra a necessidade do perdão e da salvação. Arrepender-se é constatar de que estou perdido. Assim, viver longe da Palavra é passar a viver distante da maior necessidade e carência humana: a salvação. Sem a Palavra de Deus ignoramos a necessidade do arrependimento e não temos a certeza do perdão e da salvação. Pela Palavra que opera no batismo e na pregação, recebo a fé, o presente das mãos de Deus. Pela sua Palavra, Deus iniciou e continua sua boa obra. Por esse motivo o apostolo expressa: “Porque sei em quem tenho crido e estou certo de que ele é poderoso para guardar o meu depósito até aquele Dia” (2Tm 1.12).


A certeza da salvação pela fé é uma doutrina que o diabo atacou desde o princípio e continua atacando, semeando dúvidas. O diabo procura tirar esta certeza. Por esse motivo, tenha muito cuidado, pois alguns ensinam que Cristo dá o primeiro passo e que é preciso trabalhar para completar a salvação por suas boas obras. Lembre que a salvação me leva as boas obras e não são as boas obras que me levam a salvação. Tenha muito cuidado, muitos negam o pecado original e dizem que o ser humano não é totalmente corrompido pelo pecado original e assim pode se decidir por Deus e dessa forma a salvação deixa de ser graça para ser obra da vontade humana.


Num mundo cheio de certezas incertas, a certeza da salvação em Cristo é constantemente questionada. Exclamamos nossas certezas com força nos pulmões, mas ficamos receosos diante da certeza da salvação. Essa é a grande tentação proveniente da nossa natureza pecaminosa e da nossa carne que atormenta nossa consciência e semeia dúvida. Assim a pessoa passa a se questionar: será que minha fé é verdadeira?


Nessa situação pare de olhar para você. Olhe e ouça a Palavra de Deus! A fé não é sentimento. Eu não creio na minha fé. E a fé, presente de Deus que me agarra a Cristo e na salvação que ele oferece.


Num mundo cheio de certezas incertas, a Palavra de Deus me dá a certeza da salvação em Cristo e por essa Palavra, “... sei em quem tenho crido e estou certo de que ele é poderoso para guardar o meu depósito até aquele Dia” (2Tm 1.12). Amém.





Rev. Edson Ronaldo Tressmann

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo