Sabedoria para a geração Covid

Às vezes me pego pensando a respeito da nossa geração ser a escolhida para enfrentar todos os desdobramentos de uma pandemia. É bem provável que nossos avós e bisavós nunca foram, em nome da vida, privados de um almoço familiar, de um abraço, de um aperto de mão. E é bem provável que, se Deus permitir, nossos netos e bisnetos não conviverão com termos como lockdown e distanciamento social . Quanto a nós, “o pior momento da pandemia” já virou refrão que se repete volta e meia.

Este cenário caiu no colo da nossa geração. E precisamos aprender a lidar com ele. Tá certo, não está sendo fácil. A pandemia afeta não só saúde física e a economia, mas a saúde mental. Nesta convulsão emocional, se vê de tudo: aumento de ansiedades, depressões, divórcios e até mesmo um ministro religioso realizando assaltos com o carro paroquial. A pandemia mexe em muita coisa. E precisamos saber lidar com isto.

Sabedoria. Nossa geração precisa beber dela mais do que nunca. Neste cenário de altos e baixos da pandemia, doses generosas de sabedoria são necessárias àqueles que são da ala do negacionismo, vivendo de forma irresponsável nos proibidões de carnaval ou em aglomerações irresponsáveis – como em um evento religioso em Curitiba, com mais de 2 mil pessoas. Sabedoria também precisa ser administrada na veia daqueles que estão do outro lado deste Brasil extremo, daqueles que veem na pandemia o apocalipse final e que tornaram-se reféns de manchetes catastróficas.


Desejando ardentemente por uma sabedoria sadia, me deparo com a Palavra de Deus que diz: “a lei do SENHOR é perfeita e nos dá novas forças. Os seus conselhos merecem confiança e dão sabedoria às pessoas simples” (Salmo 19.7). Na Palavra do Senhor está a sabedoria para nossa geração enfrentar este momento, com nossos medos, ansiedades, enfermidades e o cuidado de si e do próximo. Beba da Palavra. Aproveite os inúmeros cultos e estudos bíblicos online. Ore pedindo a Deus a sabedoria que vem do alto e que frutifica na vida diária.

Então fica a dica: “para ser sábio, é preciso primeiro temer a Deus, o SENHOR.” (Eclesiastes 1.7). A verdadeira sabedoria provém da fé no Salvador Jesus. Com a sabedoria cristã, enfrentemos os desafios de uma longa pandemia.




Pastor Bruno Serves

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo