top of page
Mulher orando

Mensagens

QR Code


"Quick response", do inglês, e significa: resposta rápida. Código de barras criado no ano de 1994, ele pode ser escaneado até no celular. Ele auxilia no acesso do documento fiscal, enfim. É um facilitador para os tempos modernos, ele é ágil, rápido para quem está com pressa. O QR Code está cada vez mais presente por ser econômico nos minutos, segundos, etc. Um elemento virtual, pequeno, mas está sendo bastante usado e invadindo os lares cada vez mais. Porque ele é um indicativo de que o homem quer respostas diretas e imediatas. Estamos no advento do imediatismo, isto é, as coisas para ontem, sem muita burocracia. O homem quer atravessar o labirinto, mas com o mínimo de caminhos possíveis; quer uma solução com o mínimo de experimentos e assim por diante. E o Code está aí para diminuir o que é extenso e demorado.

Imediatismo, parece que a vida humana está como um QR code, ou seja, tudo é acessado por meio de códigos, senhas, números e letras. Tudo exige um número, uma ordem onde só nós temos o acesso para nossa proteção. Quando o ser humano percebe, até os seus pensamentos estão como códigos ou senhas, isto é, só nós temos acesso, pois o imediatismo gera individualismo. O ser humano também enxerga a relação com Deus como um QR code: quer respostas instantâneas, para ontem, quando o desejo não é realizado, pronto! Deus não existe.


O homem não quer ser parte do projeto de Deus, mas ele quer um Deus QR code e que esteja sempre pronto para atendê- lo, que seja Ele parte do projeto do ser humano. Mas Jesus não enxerga o ser humano como algo instantâneo e de resposta rápida, não, Cristo enxerga o homem como um pecador, tão pecador que nem consegue lidar com o tempo. Jesus não quer códigos, mas o coração arrependido do ser humano. Em Jesus o ser humano tem o tempo que precisar, porque Jesus entregou o seu precioso tempo no madeiro, para dar tempo para a humanidade, tempo do perdão, salvação e comunhão com Deus. A solução não está num QR code, mas em Jesus, onde não há tempo, mas eternidade.




Rev Artur Charczuk

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Não recue

Comments


bottom of page