“Pois não deixei de lhes anunciar todo o plano de Deus” (Atos 20.27)


O que é este todo conselho de Deus?


É preciso esforço mental para achá-lo na Bíblia. A Bíblia em si é o conselho de Deus. Mas, isto não significa que Paulo leu toda a Bíblia para eles. Paulo ensinou com base na Bíblia (At 19.9).


Não lemos a Bíblia uma, duas ou dez vezes e, repentinamente sabemos o conselho de Deus. É preciso saber como as coisas, os acontecimentos se harmonizam. Isso é uma obra da mente. Por isso, Paulo chama o pastor de obreiro. Manejar bem a Palavra da verdade exige trabalho árduo.


Paulo ressalta para a equipe ministerial: “Pois não deixei de lhes anunciar todo o plano de Deus” (Atos 20.27).


Todo esse plano de Deus está exposto na Bíblia (Antigo Testamento - a Bíblia que Paulo lia, pregava e defendia).


A Bíblia em si é o conselho de Deus. É preciso esforço mental para expor o conhecimento de Deus.


Ao dizer a equipe: “Pois não deixei de lhes anunciar todo o plano de Deus” (Atos 20.27), o apóstolo deixa claro que sempre os ensinou com base na Bíblia (At 19.9).


As palavras de Paulo soam de maneira propícia: “Pois não deixei de lhes anunciar todo o plano de Deus” (Atos 20.27). Elas mostram que o ofício pastoral nada mais é do que apontar para Jesus.


Trabalho fácil? Não.


As TVs smart possibilitam as pessoas assistirem transmissões da internet. Dessa forma, muitos falsos mestres tem adentrado em nossas casas. Quantas distorções da Palavra de Deus temos ouvido e até passado a crer como sendo verdadeiras? Enquanto que Paulo, na reunião com líderes cristãos diz: “Pois não deixei de lhes anunciar todo o plano de Deus” (Atos 20.27), muitos têm adentrado em nossas casas e, distorcido e confundido o plano de Deus. Em muitas situações, pastores comprometidos com o evangelho, têm se tornado falso mestre e esses têm se tornado donos da verdade.


Em Mileto, aos pastores de Éfeso, Paulo disse: “Pois não deixei de lhes anunciar todo o plano de Deus” (Atos 20.27).


Para anunciar esse plano, Paulo tornou-se conhecedor do mesmo. Por esse motivo, Paulo exorta a equipe a primeiro se cuidar de si mesmo (Atos 20.28). Não é possível cuidar adequadamente de outros, se houver negligencia ao cuidado e a instrução pessoal. Cuidando de si mesmo, Paulo recomenda o pastoreio.


Pastorear significa cuidar, levar um rebanho ao pasto para alimentá-lo. Para qual tipo de pastagens estou levando o rebanho? O rebanho, quando vem à igreja recebem qual alimento?


Qual é a importância e a real necessidade de apresentar todo o plano de Deus para a igreja de Deus? Por que cuidar de si mesmo e dos outros e ao mesmo tempo pastorear?


A igreja de Deus é uma composição daqueles que ele comprou por meio do sangue do seu próprio filho (Atos 20.28) ou, como disse Jesus, são ovelhas que ouvem Jesus.


A igreja não é uma empresa humana. É um empreendimento divino com o intuito de salvar. Para que pessoas sejam salvas é necessário anunciar todo o plano de Deus (Ato 20.27). Essa é a segunda das duas recomendações de Jesus: Ensinar todas as coisas (Mt 28.19-20).


Paulo está tranquilo em relação ao seu ministério, afinal, ele afirma perante todos que “... não deixou de anunciar a eles todo o plano de Deus” (Atos 20.27), por isso escreveu em uma de suas cartas: “Portanto, estamos aqui falando em nome de Cristo, como se o próprio Deus estivesse pedindo por meio de nós. Em nome de Cristo nós pedimos a vocês que deixem que Deus os transforme de inimigos em amigos dele” (2Co 5.20). Lembre-se: anunciar o plano de Deus é manter Jesus onde deve estar, no centro da igreja. Amém!




Rev. Edson Ronaldo Tressmann

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo