top of page
Mulher orando

Mensagens

O Deus dos perdidos


Lucas 19:10 – O Filho do Homem veio buscar e salvar o perdido.


As coisas que perdemos sempre nos causam preocupação: Nas parábolas, a mulher pensou mais na dracma perdida, embora fosse uma só, do que nas que ficaram em seu poder (Lc 15:3-7); o pastor deixou as noventa e nove ovelhas no curral e foi pelos lugares mais perigosos e arriscados em busca da extraviada (Lc 15:8-10); o pai, cujo filho deixou o lar, não encontrou alegria pela presença do filho que ficou em casa, pois cada filho é único, e o que ficou não substitui o que estava perdido. Sua preocupação era com o filho perdido e, ansioso, aguardava pelo seu retorno ao lar (Lc 15:11-32).


A lição que Jesus queria ensinar nessas três parábolas é que este sentimento de busca pelo único perdido, está no coração de Deus, pois “Cristo teria morrido por uma só pessoa, a fim de que ela pudesse viver pelos séculos eternos” (Beneficência Social, p. 249).

Em todas as épocas, inclusive hoje, o Senhor tem enviado Seus mensageiros na busca dos perdidos. Nem sempre, porém, os mensageiros foram ou são bem recebidos. Em várias ocasiões, seus conselhos e advertências são enfrentados com hostilidade e até com ameaças, assim como aconteceu aos Seus enviados da parábola (Lc 20:9-12).

Uma mulher que passava férias numa das regiões atingidas pelas ondas gigantes que arrasaram áreas costeiras do Sul e do Leste da Ásia, em dezembro de 2004, e que perdeu um dos filhos durante a tragédia, procurou-o por vários dias sem encontrá-lo. Angustiada, ela dizia: “Eu não posso ir sem ele.”


Por certo, ela amava os outros filhos, mas, naquele momento, todas as atenções estavam voltadas para o filho perdido. Era aquele que ela queria. Os outros estavam salvos, aquele estava perdido.


Deus não deseja que ninguém se perca (2Pe 3:9) e, se for necessário, Ele fará tudo para buscar, em tempo aceitável, o último ou o único perdido arrependido que poderá ser você ou eu. Deus é o Deus dos perdidos. Jesus não encerrará o tempo de graça sem que o último arrependido seja alcançado pelo Seu perdão. Ele não quer estar no Lar sem você e eu. Sua oração foi: “Pai, a Minha vontade é que onde Eu estou, estejam também comigo os que Me deste” (Jo 17:24).


Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora:


Grande Deus e Pai: Obrigado porque Jesus não perde a esperança e nos oferece, continuamente, a oportunidade de salvação. Obrigado, Senhor, por esse privilégio. Que a nossa resposta, agora, seja sim! Pai, aqui estou! Me perdoa, me transforma! Em nome de Jesus, amém!


Pr. Amilton Menezes

100 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Não recue

Comments


bottom of page