top of page
Mulher orando

Mensagens

Na luz resplandecemos a luz!


“Você que está dormindo, acorde! Levante-se da morte, e Cristo te iluminará” (Ef 5.14).


O apóstolo Paulo na carta aos Efésios, de maneira especial Efésios 5.14 trata de uma realidade negada por muitos: pecado. Sabe-se pela Escritura Sagrada que todos nasceram mortos em delitos e pecados. Infelizmente, ainda há aqueles que dizem que as criancinhas nascem sem pecado, mas, não é o que a Bíblia diz. Em sua Palavra Deus diz que todos nascem em pecado e estão sujeitos a condenação. E para que a condenação eterna não ocorra na vida das crianças, Deus as desperta pelo Batismo.


Os noticiários retratam a corrupção pecaminosa do ser humano. A natureza pecaminosa se reflete no desejo por poder, na ganancia pelo dinheiro fácil, ... O apóstolo Paulo escreveu: “Você que está dormindo, acorde! Levante-se da morte, e Cristo te iluminará” (Ef 5.14).


Essa exortação mostra que algo muito grave e terrível estava acontecendo nas igrejas na Ásia Menor. A situação era tão urgente que tal fato deveria parar. Os filhos da luz haviam se afastado da luz e corriam perigo.


O apóstolo Paulo, de acordo com o contexto do texto bíblico (Efésios), escreveu que existe uma esperança para aqueles que estão nas trevas. A esperança da luz.


Quando a luz encontra as trevas, essas se dissipam.


Conta-se que certa vez a escuridão propôs a luz que tinha desejo em conhecê-la, afinal, tudo era tão escuro e tinha curiosidade de conhecer as coisas na luz.


A luz aceitou o convite, mas propôs que, após a visita da escuridão, a luz visitaria a escuridão. A escuridão aceitou.


Assim, a escuridão visitou a luz. Conheceu coisas lindíssimas que nem sequer imaginava existir, pois, tudo era tão escuro que nem havia se dado conta da beleza dos rios, das matas, ...


Após a visita a escuridão agradeceu e disse que seria uma honra receber a visita da luz. E quando a luz visitou a escuridão, a surpresa foi que a luz não pode conhecer nada da escuridão, pois, onde chega a luz, a escuridão termina.


“Antigamente vocês mesmos viviam na escuridão; mas, agora que pertencem ao Senhor, vocês estão na luz. Por isso vivam como pessoas que pertencem à luz, pois a luz produz uma grande colheita de todo tipo de bondade, honestidade e verdade” (Ef 5. 8 – 9). Como era possível, a luz ter encontrado as pessoas que estavam na escuridão, mas essas estarem voltando a escuridão?


Infelizmente somos pecadores! Cometemos pecados por sermos pecadores. Por causa dessa nossa natureza pecaminosa, o apóstolo Paulo fala sobre a necessidade da luz.


O despertador de Deus, a sua Palavra, continua proclamando: “Você que está dormindo, acorde! Levante-se da morte, e Cristo te iluminará” (Ef 5.14).


Arrependa-se! A luz sempre vence a escuridão. E por mais que nosso inimigo tente nos arrastar para a escuridão, saiba que, a luz encontrou você no Batismo, encontra você na Pregação e na Santa Ceia. Você precisa da luz, a luz é a única esperança do pecador que por sua natureza deseja tão somente a escuridão.


Sejamos gratos a Deus, pois, por amor e misericórdia, continua convidando: “Desperta ó tu que dormes”.


Estamos vivendo o tempo da graça, ainda estamos recebendo a chance de Deus para nos arrepender. Não perca essa oportunidade, pois quando os anjos tocarem a trombeta e despertar todos os mortos e vivos, não haverá mais chance. O destino final já foi decretado.


Um homem queria presentear sua esposa com um porta joias.


Ele entrou em uma loja e falou que queria o mais bonito porta joias para presentear sua mulher. E o comerciante lhe apresentou um porta joias belíssimo e disse: “O que é mais extraordinário neste porta joias é que na hora em que você apaga a luz ele fica resplandecendo no escuro”. Empolgado, o homem comprou o porta joias todo satisfeito, e quando ele deu o porta joias a sua esposa, disse:


– Benzinho, você não queira nem saber. Este porta joias, quando a gente apaga a luz do quarto ele resplandece.


– Que maravilha! Disse sua esposa entusiasmada.


À noite quando eles apagaram a luz, ficaram esperando o porta joias resplandecer. Porém, ele não brilhou. O homem ascendeu à luz e falou: – Tem alguma coisa errada! E olhou pra lá, e olhou pra cá. Sua esposa percebendo seu desapontamento, disse:


– Não se preocupe com isso. Amanhã nós resolvemos isso. Vamos dormir.


De manhã cedo ele levantou e foi trabalhar. E sua esposa foi examinar o porta joias, e logo descobriu o segredo. Assim que o homem, chegou em casa, disse a sua mulher:


– Me dê o porta joias que eu vou à loja reclamar com o vendedor.


– Não precisa porque eu já descobri o segredo. Hoje à noite eu te mostro.


Mais tarde eles apagaram a luz do quarto, e para satisfação e alegria do casal o porta joias resplandecia na escuridão, muito bonito. Então o marido encantado perguntou a mulher:


– Como que você conseguiu?


– É porque você não leu as instruções. Você deveria ter deixado o porta joias exposto à luz do sol, pois, ele tem um mecanismo que acumula a luz solar e depois essa luz acumulada reflete no porta joias.


Somos o porta joias. Porém, não temos brilho e luz própria, precisamos da luz que é Jesus.



Rev. Edson Ronaldo Tressmann

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Não recue

Bình luận


bottom of page