top of page
Mulher orando

Mensagens

Não há amor maior


João 3:16 – Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito, para que todo o que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna.


Recentemente, li a respeito de um incidente que ocorreu durante a Guerra do Vietnã. Os morteiros atingiram um orfanato dirigido por um casal de missionários, numa pequena aldeia vietnamita. O casal e duas crianças morreram e outras ficaram feridas, entre elas, uma menina de oito anos de idade que estava em estado desesperador.


Informado do acontecido, o comando americano enviou, com urgência, um médico e uma enfermeira para socorrer os feridos. Ao chegar, constataram que aquela menina morreria em pouco tempo, se não recebesse uma transfusão de sangue.


Os exames revelaram que o sangue da criança não era compatível com o sangue dos dois americanos, mas que várias crianças eram portadoras do mesmo tipo de sangue. O que fazer? Crianças doarem sangue?! Normalmente, não se faz isso. É incorreto.

Sem alternativa, o médico explicou a situação e perguntou se alguma criança estava disposta a doar seu sangue para salvar a vida daquela menina.

Fez-se silêncio… Então, um menino, tímido e um tanto indeciso, levantou a mão. Sem perder mais tempo, a enfermeira o deitou na maca e, em seguida, o médico introduziu a agulha em sua veia, sem que ele protestasse, e perguntou: – Está doendo? – Ele acenou com a cabeça que não.


De repente, o menino começou a chorar. O choro foi aumentando e se tornou pranto desesperado. Uma intérprete foi chamada para ajudar a desvendar o porquê daquele desespero. Diante da interrogação sobre o motivo daquele choro, com voz inocente, o menino perguntou: – Vai demorar muito para eu morrer? – Ele havia entendido que iriam tirar todo o seu sangue para dar à menina. Mas, mesmo assim, se ofereceu.

Quando lhe perguntaram por que ele resolvera fazer isso, simplesmente respondeu: – É que ela é minha amiguinha!


Eu e você sabemos que Alguém doou o sangue e a vida, não somente pelos amigos, mas também pelos inimigos. Ele assim fez, não porque éramos seus amigos, mas por amor, para nos atrair a Ele.


Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora:


Senhor, muito obrigado por Teu sacrifício, por Teu sangue e por Tua vida. Eu Te amo! Aceita minha sincera gratidão. Em nome de Jesus! Amém!


Rev. Amilton Menezes


37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Não recue

Comments


bottom of page