Muita religiosidade no Ano Novo

Assisti num programa de TV alguém dando dicas sobre como fabricar sabonetes, de várias fragrâncias e com várias fórmulas. Lindos sabonetes.


Chamou a atenção que em todos os sabonetes tinham algum ingrediente que, na superstição brasileira, pode trazer novas energias, afastar mau-olhado para o Ano Novo.


A época de final de ano é propícia para que as superstições fiquem em alta. Isso por que o ser humano é muito religioso. Ser "muito religioso" não significa necessariamente ser "muito cristão".


A Bíblia diz: "Seja forte e corajoso! Não se apavore nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar" (Josué 1.9).


Ser cristão significa crer com todo o coração que Jesus é o único e suficiente Salvador, por ter morrido na cruz do Calvário.


A fé em Jesus produz, naquele que crê, a certeza que consagrar-se completamente a Deus, que nos sustenta em tudo, faz diferença. Portanto, quem crê em Jesus entrega toda a vida a ele.


Como cristãos, ao iniciarmos um novo ano, não devemos ter preocupação com que cor de roupa devemos usar, ou que "erva" deve estar no sabonete do banho para trazer novas energias, ou qualquer outra superstição. É pecado.


Sendo cristãos, vamos orar agradecendo a Deus pelo ano que passou, e entregando o Ano Novo nas mãos dele.


Confiando nosso futuro a Jesus, não seremos somente "religiosos", mas seremos cristãos autênticos, que testemunham do Salvador em toda e qualquer situação.


Feliz Ano Novo!




Pastor Claudio Schreiber

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 

Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter

© 2021 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados