top of page
Mulher orando

Mensagens

Livres da armadilha do caçador! 

 

Como o passarinho, nós escapamos da armadilha do caçador. A armadilha quebrou, e ficamos livres” (Sl 124.7)

 

Os caçadores de aves usavam uma armadilha para capturar pássaros chamada “laço do passarinheiro”.


Essa expressão é usada na Bíblia como metáfora para representar um plano no qual o objetivo é prejudicar os filhos de Deus. É uma metáfora que visa causar perigo, perda e destruição.


Ao escrever: “Como o passarinho, nós escapamos da armadilha do caçador. A armadilha quebrou, e ficamos livres” (Sl 124.7), Davi com certeza fazia referência as muitas situações em que o povo correu perigo de ser destruído.

O profeta Oséias aplica essa figura do laço do passarinheiro, da armadilha que visa destruir o povo de Deus (Os 9.8) referindo-se aos falsos profetas e a rejeição do povo para com a mensagem do profeta Oséias.


A palavra passarinho na Bíblia significa proteção divina e cuidado de Deus.

Como o passarinho, nós escapamos da armadilha do caçador. A armadilha quebrou, e ficamos livres” (Sl 124.7).


Apesar da vida diária ser cheia de surpresas, são muitas as situações em que armadilhas são desarmadas e não somos destruídos pelas mesmas devido ao cuidado do Senhor.

O profeta Jeremias (Jr 5.26-27) ao fazer referência ao laço de passarinheiro, descreve a nação de Israel correndo perigo por causa de homens injustos e o desconhecimento da palavra de Deus (Jr 5.1,4-5). Os profetas que deveriam exercer o papel de atalaia anunciando o perigo ao povo, calavam-se e não desempenhavam o seu papel.

O Novo Testamento destaca o Diabo como sendo o caçador que arma laços engenhosos para apanhar suas presas.


A boa notícia é que Deus livra os seus, seja qual laço do passarinheiro for (Sl 91.1-3). E esse livramento está em Cristo. Jesus enfrentou oposição dos homens ímpios que tentaram desviá-lo e não realizar sua missão.


Jesus enfrentaria a oposição de homens ímpios (passarinheiros) que tentariam desviá-Lo de cumprir a vontade de Deus (laços).

O diabo utilizou-se de algumas armadilhas (Mt 4.3-9). Ao endemoniados anunciar Jesus como Santo de Deus era um laço do passarinheiro (Mc 4.34; Mc 1.24). Pedro dizer para que Jesus tivesse dó de si era um laço do passarinheiro (Mt 16.22).


Muitos são os laços do passarinheiro. E convém recomendar assim como Paulo fez aos cristãos da Ásia Menor para que cada qual se revista de toda armadura de Deus (Ef 6.11).

O objetivo do laço, da armadilha do passarinheiro, é desviar o homem dos preceitos de Deus.

O Salmo 124 é um hino de louvor à fidelidade e proteção de Deus em nossas vidas. Em meio as muitas armadilhas, somos guiados como um passarinho e libertos do laço do passarinheiro.


O Salmo 124 fala da proteção de Deus para com seu povo diante das muitas situações, batalhas que poderiam ter colocado o povo de Deus em extinção.

Davi louva a Deus por não permitir que as nações pagãs que cercavam Israel a derrotasse e extinguisse o povo de Deus. Israel foi liberto como um pássaro.


Tanto o Salmo 124 quanto o Salmo 121, comemoram a preservação dos israelitas por Deus. O povo de Deus é preservado diante das armadilhas dos caçadores de aves.

O Salmo 124 testemunha a proteção de Deus sobre seu povo. Deus sempre foi fiel em preservar seu povo em meio as armadilhas. Toda essa proteção visava enviar Jesus, o Redentor. Em Jesus estamos da armadilha do inimigo. Amém


Rev. Edson Ronaldo Tressamnn

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

留言


bottom of page