Furando a fila

Os noticiários mostraram pessoas furando a fila para tomar a vacina, vacina contra a COVID 19. Pessoas de várias áreas: prefeitos, advogados, área da saúde e por aí vai. Fora aqueles que nunca serão descobertos, que conseguiram burlar o que é certo num cínico silêncio, que serpentearam por entre as leis. Enfim, o governo organizou regras para a fila da vacina, mas não está acontecendo. Estamos vendo, mais uma vez, o ser humano passando por cima do outro ser humano, ou seja, um sentimento de individualismo muito latente, muito triste. E os que veem tudo isso? Certamente aparece um sentimento muito estranho, um misto de choque e conformismo: mas como isso pode acontecer! Eis o choque, mas o Brasil sempre foi assim, conformidade. O sentimento de conformismo não é simplesmente conformar- se pelo simples fato de querer, mas dentro do conformismo está o sentimento de cansaço. Cansaço de fazer parte das velhas engrenagens enferrujadas e corrompidas do sistema brasileiro. Entra governo, sai governo e as engrenagens não são limpas.


Furar é muito mais amplo, não é simplesmente passar na frente do outro, mas é passar na frente da vida do outro, é passar na frente da ética, da moral, do zelo pelo outro, do amor e tantas outras coisas que poderiam ser aqui listadas. Furar é fazer sangrar tudo o que é tido como correto pelo ser humano. Não é simplesmente passar na frente do outro, furar a fila da vacina é deixar o outro para trás: o que importa é eu! Minha vida e convicções estão acima de tudo e de todos. Na verdade, amigos, não é só o furo da vacina, mas o ser humano está todo furado, com aberturas constituídas pela ganância, individualismo, pensar em si próprio, etc. Furar a fila da vacina mostra o quanto são profundos os furos do homem. Furar a fila é apenas um reflexo da natureza humana, natureza cheia de furos.


Claro, sabemos que tudo é pecado, é o ser humano querendo se igualar a Deus. O homem pensa que é esguio e ágil, acha que é esperto, mas não é. Ele cai em seus próprios buracos: do pecado, da morte e do diabo. Mas nosso Deus é paciencioso e longânimo, justo e misericordioso. Tudo ele sabe, ele sabe dos furos e das falhas humanas. Ele sabe do cansaço de seu povo, do desânimo e decepção. Todos nós somos pecadores, no entanto a nossa esperança está em Jesus, o Filho de Deus. Sua cruz é o caminho e luz para um mundo que descarta o outro, o próximo. Fiquemos firmes e esperançosos, Jesus é o alto refúgio e refrigério, seu governo é real e sem furos. Mas é importante salientar uma coisa: no dia do julgamento, os furos não existirão.





Rev Artur Charczuk

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 

Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter

© 2021 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados