Estamos em obra!


Geralmente lê-se a placa: Atenção – Estamos em obras.


Quando a obra está na fase da fundação, a curiosidade é sobre o que de fato será construído. Quando se está erguendo as paredes, vislumbramos seu tamanho. Após estar pronta usufruímos sua utilidade.


Paulo escreveu aos Filipenses: “Pois eu estou certo de que Deus, que começou esse bom trabalho na vida de vocês, vai continuá-lo até que ele esteja completo no Dia de Cristo Jesus” (Fp 1.6).


Deus iniciou e continua seu trabalho até o dia em que Jesus volte e isso para um propósito: salvar!


Durante a segunda viagem missionária, o apostolo Paulo esteve em Filipos, e na beira do rio iniciou o trabalho missionário naquela cidade. É de Filipos a primeira mulher (Lídia) convertida ao cristianismo na Europa.


Devido ao evangelho, Paulo era constantemente preso e, aprisionado em Roma, o apostolo recebeu a visita do pastor Epafrodito que lhe trouxe suprimentos dos cristãos da cidade de Filipos (a terceira vez. As outras das vezes foram em Tessalônica). Além dos donativos, Epafrodito trouxe informações sobre a igreja e sua vida espiritual.


Entre as notícias, o apostolo ouviu de Epafrodito que os filipenses estavam sendo atormentados por falsos ensinamentos. E o resultado desses falsos ensinos os estava levando a desunião, e o desfecho seria um isolamento geral. Por isso o alerta de Paulo (Fp 2.1-2; 3.1; 4.1).


Era como se o apostolo estivesse dizendo que todos se mantivessem unidos, afinal, “Deus iniciou esse bom trabalho e vai continuar esse trabalho até o dia completo de Deus”, ou seja, “quando Jesus voltar”.


Eu não me fiz cristão. Essa é uma obra divina. Eu não entrei no Reino de Deus. Eu fui colocado no Reino. Eu não sirvo no Reino. Eu sou capacitado e motivado por Deus para servir no Reino. Ser cristão, estar no reino e servir é obra de Deus. Olhar para o Templo e os cristãos é visualizar a obra de Deus.


Essa obra divina é iniciada quando nos presentei com a fé. E para presentear com a fé os seres humanos, Deus utiliza-se da sua Palavra e age pelo Batismo e Pregação.


O apostolo João destaca as palavras do Salvador no qual disse que o seu Pai e Ele trabalham até agora (Jo 5.17). O trabalho iniciado por Deus é contínuo. O autor a carta aos Hebreus enfatizou que vocês “...ainda precisam de alguém que lhes ensine as primeiras lições dos ensinamentos de Deus...” (Hb 5.12).


Ouça o apostolo Paulo que nos escreveu: “Pois eu estou certo de que Deus, que começou esse bom trabalho na vida de vocês, vai continuá-lo até que esteja completo no dia de Cristo Jesus” (Fp 1.6).


Depois de anunciar aos Filipenses que o bom trabalho iniciado é também um trabalho continuo, o apostolo Paulo fez e faz os cristãos a refletir em torno do verdadeiro objetivo de sua epistola. A fé iniciada e continuada faz crescer o amor e leva ao discernimento do que é bom e não se deixa levar por qualquer vento de doutrina. Essa obra divina iniciada e continuada se manifesta nos frutos de justiça, amor, alegria, bondade, paciência, etc. O apostolo agradece a Deus pelos frutos produzidos pelo trabalho divino. Eles estavam cooperando no evangelho, auxiliando nas dificuldades e solicitando que se mantenham unidos.


Isolar-se um do outro não afasta apenas pessoas. O isolamento na congregação enfraquece a pregação e a cooperação do evangelho. O trabalho continua.


“Pois eu estou certo de que Deus, que começou esse bom trabalho na vida de vocês, vai continuá-lo até que esteja completo no dia de Cristo Jesus” (Fp 1.6). Que a placa esteja visível em nossa casa e igreja: Estamos em obras. Uma obra divina. Amém!





Rev. Edson Ronaldo Tressmann

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo