top of page
Mulher orando

Mensagens

E as coisas do passado?


Salmo 77:11 (BV) – Comecei, então, a lembrar as obras do Senhor, os grandes milagres que Ele realizou no passado.


As expressões “isso é coisa do passado” ou “isso já era”, usadas por muitas pessoas hoje em dia, especialmente pela sociedade mais jovem e, às vezes, para justificar comportamentos não recomendáveis, dão uma conotação de desprezo pelas coisas passadas como se elas fossem inúteis para os dias atuais.


Não devemos nos esquecer, porém, de que o progresso de hoje com todas as facilidades e conforto da vida moderna tiveram início ontem, com aqueles que nos antecederam. Os hebreus nos deram a Bíblia, monumento imperecível; os fenícios reduziram em 22 letras o sistema de escrita, que antes contava com uma infinidade de símbolos e sinais; enaltecemos Gutemberg, da Alemanha, que, com energia inquebrantável, deu-nos um dos maiores fatores do progresso dos povos – a imprensa.

Numa cirurgia ou na extração de um dente lembre-se de Wells e Morton, dois cientistas americanos, que descobriram a anestesia. Já imaginou ter que extrair um dente a “sangue frio”?

Todos temos uma dívida de gratidão ao gênio americano Thomas Edison pois, entre as muitas de suas invenções, está a lâmpada elétrica. Somos igualmente gratos a Alexander Fleming, o descobridor da penicilina, ponto inicial da evolução dos antibióticos tão úteis para medicina moderna. Que seria de nós, hoje, sem lâmpadas para iluminar as ruas e as nossas casas e sem antibióticos? São coisas que têm suas raízes no passado e que a todos beneficia, no presente. Há duas coisas, porém, que não são do passado: a violência urbana e as drogas. Estas são coisas do presente.


Mas há algo muito mais importante que também teve início num passado muito remoto – o plano da redenção elaborado por Deus antes da criação da Terra. Esse plano materializou-se no Calvário há mais de dois mil anos no passado, com a morte de Cristo, que efetuou a salvação da raça caída. Se desconhecemos o passado e o começo de todo o processo do plano de Deus para a salvação do homem, como podemos compreender seus efeitos hoje em nossa vida e desfrutar seus resultados amanhã, quando Jesus voltar? Lembremo-nos, pois, das “obras do Senhor” e dos “grandes milagres que Ele realizou no passado”. Eles fortalecem nossa fé e nossa confiança nas Suas promessas.


Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora:


Grande Deus e Pai: obrigado pelo precioso plano de salvação que me dá a oportunidade de ter vida eterna através da morte de Cristo na cruz do calvário. Obrigado por esse amor tão grande. Em nome de Jesus, amém.


Pr. Amilton Menezes

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page