Buscar
  • PENSE NISSO Teológica

Deus dignificou os pequenos


“Que é um simples ser humano, para que penses nele? Que é o ser mortal para que te preocupes com ele? (Hb 2.6b)


Como você se sente? Pequeno? Fraco? Falho? Estes são apenas alguns sentimentos que perpassam muitas vezes na vida dos cristãos. Especialmente àqueles cristãos que pregam a Teologia da Cruz. O que é isso? São aqueles que creem baseados em vários textos bíblicos, onde mostra que espiritualmente o ser humano é pequeno, fraco, falho e sem condições de se salvar sozinho. Se não fosse Jesus ter morrido, pago o preço do pecado, todos pereceriam.

Mas hoje o texto nos dá a oportunidade para que olhemos além disso, pois se olharmos para nós, vamos ficar extremamente deprimidos, pois em nós não há nada que presta!

O destaque do texto acima citado está no salmo 08, onde o salmista diz. “Que é um simples ser humano, para que penses nele? Que é o ser mortal para que te preocupes com ele? Tu o colocaste por pouco tempo em posição inferior à dos anjos, tu lhe deste a glória e a honra de um rei e puseste todas as coisas debaixo do domínio dele.” (v. 4 – 6).

A pergunta do versículo confirma aquilo que falei, o ser humano não é nada, mas mesmo assim Deus se preocupou conosco. E sua preocupação foi tanta ao ponto de Deus se fazer um de nós, e este fazer um de nós foi proposital, para que o que está em nós fosse transferido a Ele. O Filho se tornou um inimigo, por estar com os inimigos de Deus, para que estes se tornassem filhos de Deus. E isto que Hebreus quer nos fazer entender. O filho de Deus tomou nossa natureza, fraca e pecadora e a dignificou, para a partir da fé Nele sermos considerados filhos de Deus.

E por isso que agora a ótica muda, Deus apostou em nós, não que tínhamos algo a oferecer, mas simplesmente porque ele amou a sua criatura caída. E devido a isso, Deus nos faz lembrar que somos a coroa da criação, ou seja, somos mais importantes que as outras criaturas, Deus nos colocou acima delas, para que cuidasse das demais e a partir disso pudéssemos se sentir feliz. É como ganhar na mega sena, não tínhamos nada, mas Deus fez algo para que nele tivéssemos tudo.

Isto não nos faz sermos mais orgulhosos, mas sábios e alegres, “porque Deus amou o mundo tanto, que deu seu único filho, para que todo aquele que nele crê, não morra, mas tenha a vida eterna” (Jo 3.16). Que preciosa graça de Jesus!


Rev. Gabriel Boldt

0 visualização
 

Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

© 2020 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados