top of page
Mulher orando

Mensagens

Descanso para a alma


O ser humano busca e necessita de descanso.

Deus, desde a criação, deseja dar descanso ao ser humano (Gn 2.2). No sexto dia, Deus criou o homem, e já descansou em Deus, pois tudo estava preparado para usufruto do homem. O ser humano busca e necessita de descanso. Onde encontrar? Para as fadigas humanas encontra-se descanso numa praia, num sitio, ... O que destrói o descanso é a avareza. Estamos em meio à cultura da produtividade, da competição, da eficiência. Isso cansa, gera raiva, angustia e tristeza. É preciso descansar!

E o descanso para a alma? Há pessoas com a alma doente!

O salmista Davi convida: “Descansa no Senhor e espera nele” (Sl 37.7), e no Salmo 145 escreveu: “O Senhor sustém os que vacilam e apruma todos os prostrados” (Sl 145.14). A alusão é para aqueles que não têm poder de ir por si mesmos; que se afundariam sob os encargos da vida se não fossem apoiados.

O ser humano busca e necessita de descanso.

Ao escrever a carta aos Romanos, o apostolo Paulo destaca um descanso necessário: “Desventurado homem que sou! Quem me livrará do corpo dessa morte?” (Rm 7.24) e louva a Deus “por Jesus Cristo, nosso Senhor” (Rm 7.25).

Muitos pregadores chamaram o texto de Mateus 11.25-30 a pérola mais preciosa do Evangelho de Mateus. E a razão para isso é o extraordinário convite de Jesus: “Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso” (Mt 11.28). Esse convite de Jesus tem um contexto especial e muito nos ensina sobre a misericórdia de Deus.

Jesus enviou os seus e destacou as mais variadas situações diante da mensagem do Reino (Mt 10). Jesus falou sobre a perseguição, injúria prisão, inimizade dentro da família. Jesus realizou milagres em Corazim e Betsaida e as pessoas reagiram com incredulidade. João Batista estava preso por ser o precursor de Jesus (Mt 11.2). Diante da situação de juízo e condenação, Jesus convida: Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso” (Mt 11.28).

Com esse convite, Jesus reforça o que havia dito para os discípulos de João Batista: “Felizes são aqueles que não abandonam a sua fé em mim” (Mt 11.6). É uma luz em meio a escuridão! É uma palavra para os que estão na cidade que persegue, odeia e dúvida a respeito da mensagem de Jesus Cristo.

Recorde-se: em Jesus Cristo, o descanso é certo!

Ao agradecer a Deus por revelar essa verdade às “pessoas sem instrução” e “esconder dos sábios e instruídos”, Jesus está alertando os líderes religiosos. Eles diziam possuir todo sistema de regulamento e a observância dessas regras como requisito de bênçãos e salvação. Recordemos que Saulo, por causa dessas regras e de todo sistema religioso, tornou-se fanático e perseguidor da igreja, no entanto, em Jesus Cristo, “jogou tudo fora como se joga o lixo” (Fp 3). O apostolo Paulo aprendeu que o verdadeiro descanso para a ala está em Cristo. Para oferecer esse descanso a outras pessoas, trabalhou arduamente e escreveu cartas para deixar esse verdadeiro descanso registrado.

Infelizmente ainda há muitas pessoas buscando descanso fora de Jesus Cristo. O convite de Jesus: Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso” (Mt 11.28), é aberto para todos. Há pessoas cansadas do legalismo, da imposição de regras. Há pessoas cansadas do moralismo. Há pessoas cansadas da observância dos ritos religiosos como obrigação. Há pessoas cansadas da prática da caridade como requisito de salvação.

Ao convidar, venham a mim, Jesus destaca, creia apenas em mim. Fora de Cristo não há salvação. Para seguir nossa reflexão, é necessário destacar o fato das versões não diferirem na primeira parte: “Vinde a mim”. Todavia, uma possível tradução de πρός με seria “comigo”. No texto original os particípios estão no vocativo (κοπιῶντες e πεφορτισμένοι) e isso é importante, pois indica que Jesus faz um convite amoroso e não dando uma ordem para busca-lo.

A ideia é tal como convidar uma pessoa com fome para sentar-se e comer a refeição que já está pronta.

O termo πεφορτισμένοι (sobrecarregado), além de ser um vocativo, é também um particípio passivo perfeito, indicando que alguém colocou alguma carga nas pessoas e isso as deixou sobrecarregadas e cansadas. Por isso, Jesus destaca no seu convite a palavra ἀναπαύσω (alivio).

Observe que o alivio, o descanso, só é encontrado em Cristo. Jesus está destacando o descanso nEle, em detrimento da lei do sábado. Chama atenção o fato de Jesus destacar o descanso, mas falar sobre carga, jugo, canga. Como carpinteiro, possivelmente Jesus fez muitas cangas para muitos clientes do seu pai José. A canga é colocada sobre animais para executar seu trabalho. A palavra jugo (canga) é uma metáfora para destacar duas coisas: se é um discípulo e está a serviço no Reino de Deus.

No Novo Testamento a palavra jugo é sempre usada como metáfora usada para referir-se a liderança religiosa que por seus preceitos colocava pesadas cargas sobre as pessoas. E dessa forma, enquanto os líderes colocavam o jugo da lei, Jesus coloca o jugo do Reino, suave e leve. Como discípulo e no serviço – aprendemos a ser mansos e humildes. Ser manso e humilde é amar a verdade e estar sob seu poder.

Sem isso não se é discípulo – pois sem amor a verdade e se colocar sob seu poder é cair na tentação do ego. E meu ego pecaminoso me conduz até para onde não quero ir. A verdade é só uma: Jesus (Jo 14.6). Estar sob essa verdade, é ser liberto (Gl 5.13). Não há mais sobrecarga, apesar de se estar a serviço.

Jesus ao fazer o convite e destacando quem é o Pai, está reafirmando a critica feita aos judeus pelos profetas Isaías e Jeremias (Is 5.21; 29.14-19; Jr 9.22ss) e destaca para que apenas o sigamos. Levantar-se, sentar a mesa e saborear a refeição.

Jesus não exige nada das pessoas, por isso, “seu jugo é suave, e seu fardo é leve”. Jesus louva ao Pai. Ele reconhece como Deus é maravilhoso, afinal, enquanto João Batista está preso e o Reino de Deus ser atacado por perseguições, calúnias, prisão, desentendimentos familiares, incredulidade, Deus age no mundo para dar descanso.

Eu preciso do descanso de Deus em Jesus, pois, “nem mesmo compreendo o meu próprio modo de agir, pois não faço o que prefiro, e sim o que detesto... o pecado habita em mim... em mim não habita bem nenhum... o mal que não quero, esse eu faço... a lei de Deus guerreia contra mim... Quem me livrará do corpo desta morte?” (Rm 7.15, 17, 18, 19, 23, 24), e assim junto com o apostolo Paulo, damos “graças a Deus por Jesus Cristo” (Rm 7.25) e junto com Jesus damos “graças a Deus por ter revelado isso a nós, seus pequeninos” (Mt 11.25).

Para terminar, ouça novamente as palavras de Jesus: “Venham comigo todos os que estão cansados e sobrecarregados que eu darei alivio a vocês. Venham junto comigo e aprendam de mim, pois sou bondoso e humilde no coração e vocês acharão descanso para a alma. Pois eu sou bom e a minha carga é leve” (Mt 11.28-30). Amém! Rev. Edson Ronaldo Tressmann


25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page