Bálsamo para nossos estresses


Levante a mão quem nunca passou por um dia estressante. Na escola, no trabalho, no trânsito, em casa e até consigo mesmo. Os gatilhos para os estresses são os mais variáveis, como atrasar-se para um compromisso, os atritos no trabalho, a poluição sonora e visual das tecnologias e até mesmo a nossa autocobrança pela inalcançável perfeição. Estressar provém do inglês stress, que conota a ideia de estar sob pressão, sob tensão. Bem ao estilo de nossos ombros duros e pesados ao final de um dia estressante.


Falar que o estresse é veneno para a saúde é chover no molhado. Mas a PUC de Porto Alegre, em uma pesquisa realizada entre idosos, nos traz dados que comprovam algo que, antes, poderiam ficar apenas na esfera do achômetro. Mas agora é ciência: estresse envelhece. Segundo os pesquisadores, os níveis de estresse estão ligados ao envelhecimento do sistema biológico e imunológico. Estresse envelhece. Estresse nos consome. Estresse acelera o relógio da vida.


Precisamos saber lidar com os estresses de cada dia. Atividade física, boa alimentação, respirar fundo, fazer uma pausa nos trabalhos e não tentar resolver todos os problemas do mundo pode até ser um começo. Mas tudo isto pode ser apenas um curativo superficial para uma ferida que é muito mais profunda.


Um verdadeiro bálsamo para nossos estresses são nossos encontros com o Senhor Deus. E não vá achar que este encontro seja configurado ao estilo de outra dimensão ou em um monte sagrado e milenar. Não. O encontrar-se com o Senhor é aqui e agora, onde estamos. Em casa, no carro, no emprego, no escritório. É encontrar-se com o Senhor através da sua Palavra. “Ela vai até o lugar mais fundo da alma e do espírito, vai até o íntimo das pessoas e julga os desejos e pensamentos do coração delas” (Hebreus 4.12).


Precisamos nos desconectar. Precisamos fazer uma pausa. Precisamos respirar fundo. Precisamos orar assim: “Deus Espírito Santo, abençoe meu momento de leitura bíblica”. Precisamos mergulhar na Palavra que é viva, consoladora e que é o berço do verdadeiro amor revelado em Cristo Jesus. Amor que perdoa, que traz salvação, que oferece a verdadeira vida que continua mesmo depois que o relógio biológico parar. Precisamos acalmar nosso coração com Palavra de Deus e oração. Precisamos derramar nas mãos dele as ansiedades, os ombros tensos e a mente sob pressão.


Então fica a dica: preciosos são os momentos de leitura bíblica e oração. Se você ainda não tem este hábito, que tal começar hoje mesmo?


Abra sua Bíblia em Naum 1.7.




Pastor Bruno Serves

26 visualizações0 comentário