As marcas ao longo das estradas


Semana passada precisamos fazer uma longa viagem de carro. Ao longo de tantas estradas e rodovias haviam marcas que, creio eu, você também já tenha percebido Em diferentes pontos das rodovias haviam sinais de freadas no asfalto, marcas de saídas de pista, muretas de proteção quebradas e, especialmente, ao lado da rodovia, algumas vezes nos deparamos com pequenas cruzes, com algumas flores e o nome de alguém lá escrito.


Para quem está dirigindo, juntamente com a sinalização de trânsito, estes sinais são eloquentes gritos de aviso: cuidado! Cuidado com a velocidade, com a forma de dirigir, com a atenção no trânsito. Todos estes sinais espalhados pelas rodovias são sinais de que, ali mesmo, acidentes já aconteceram.


Ah, como precisamos aprender com os avisos que Deus coloca diante dos nossos olhos! E não estou falando apenas das marcas pelas rodovias, mas de tudo o que acontece ao nosso redor. Podemos ouvir os gritos de avisos que brotam do sofrimento de um adultério, de uma educação inadequada dos filhos, do excesso com a bebida alcóolica, do desleixo com a alimentação e com um mau uso das redes sociais. Estes avisos estão constantemente diante dos nossos olhos e podem nos ajudar a evitar acidentes e sofrimentos na estrada da vida.


Claro, na vida Deus também nos brinda com belos exemplos, que também nos servem como avisos, não em tom de advertência, mas em tom de sabedoria. Como nos diz a Palavra do Senhor: “Quem anda com os sábios será sábio, mas quem anda com os tolos acabará mal” (Provérbios 13.20). Bebamos das pessoas, famílias, relacionamentos e condutas que nos servem como exemplos de vida e de fé cristã.


Infelizmente, nosso Brasil está prestes a alcançar o número de 500 mil mortos pela Covid-19. Diante de tantas perdas, de gente desconhecida e de gente muito próxima, somos avisados que a vida é frágil Não gostamos de conversar sobre isto ou de ouvir este aviso, mas lá está ele: um dia iremos morrer. Por isto, arrependamo-nos dos nossos pecados, creiamos em Jesus, voltemos para o Senhor. Afinal, “quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado” (Marcos 16.16). Hoje é o dia de sermos salvo!


Então fica a dica: aprendamos a ler os mais diversos sinais que o Senhor coloca diante da nossa estrada da vida, os quais nos apontam para Jesus. Nele está nosso perdão, nossa salvação, nossa vida eterna E, quando viajar, preste atenção nos sinais e nas marcas ao longo das rodovias. Elas querem nos avisar algo.




Pastor Bruno Serves

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo