Ano Novo. Novas perspectivas.

A sociedade moderna marca bem essa transição. É o feriadão festivo do Natal, junto com a virada de ano e os fogos de artifícios. Muitos ainda juntam as férias seguidas da agitação do Carnaval, provavelmente proibidas para este ano. A economia e o convívio social foram muito atingidos pelo Covid-19. Por outro lado também houve uma transferência forçada de grande volume de dinheiro do governo. Portanto maior liquidez em áreas mais pobres. Micro economias são estimuladas. Mas o desemprego aumentou. Como em toda a natureza, há no ser humano oprimido, um poder enorme de resiliência, de adaptação, de superação. Existe um potencial produtivo enorme, reprimido no país. As vacinas criaram uma expectativa que extrapola a realidade. Se bons economistas desenvolverem planos integrados de investimentos com outras áreas, e o governo não atrapalhar, o futuro não parece ser tão desesperador. Acredito num horizonte melhor, se não para todos, para muitos. Deus injetou graça sobre todos nós. A verdadeira vacina que nos imuniza das consequências eternas da inveja, do egoísmo e da injustiça. Deus investiu sobre todos nós a abundância do ouro de sua graça. Liquidez suficiente para novos projetos de vida verdadeira de amor e paz.




Jaime Kuck

9 visualizações0 comentário