top of page
Mulher orando

Mensagens

Alegrando-se na paz de Deus!


Eu já acordei inúmeras noites na madrugada e me obriguei a levar minha esposa ao médico. Falta de ar, dores no peito, angústia e a única coisa que dizia era que iria morrer. Crises de ansiedade.


O que é ansiedade? É estar estrangulado, sem ar, sufocado.

A pessoa ansiosa sabe quanto sofrimento a ansiedade produz na sua vida. O ansioso sofre por antecipação. De 100 coisas que se imagina, 98 delas nunca acontecem. O ansioso sofre como se algo estivesse de fato e de verdade acontecendo, as dores no peito parece de fato ser um infarto.


Paulo vivia circunstâncias difíceis. Estava preso, as vésperas de ser julgado, sem saber se seria solto ou condenado à morte. E nessa situação, escreve a carta da alegria destacando o motivo da sua alegria. Por essa alegria, era capaz de superar até mesmo a ansiedade.

A alegria expressa pelo apóstolo não é um sentimento emocional. É expressão de confiança em Deus, a ponto de viver tranquilo mesmo estando cercado por perigos. Dessa forma precisamos destacar que a NTLH (Fp 4.5) interpretativamente traduz “o Senhor virá logo,” enquanto que nas outras traduções é dito “Perto está o Senhor” significando que o Senhor está junto conosco nas nossas lutas. Aqui está a alegria do apostolo. Ele sabe que o Senhor está presente.


Jesus, ressuscitado, prometeu e cumpre sua promessa de estar presente todos os dias e em qualquer situação.


O ansioso, quando em crise de ansiedade, não consegue enxergar socorro para seu problema, chegando a faltar-lhe o ar. Sente-se como se estivesse enfartando. O socorro está ao lado!


A ansiedade é a doença do século! Isso se deve ao fato do ser humano estar muito agitado de um lado para o outro com o aqui e agora (Trabalho, família, lazer, problemas, doenças, isolamento social, ...). Assim, vive-se estressado!


Nossos dias são vividos “caminhando no vale da sombra da morte” (Sl 23.4), ou seja, cheio de problemas e inquietações. Como não cair na crise da ansiedade?

Aos ansiosos filipenses, o apostolo escreve: “Perto está o Senhor” (Fp 4.5). Ele está cuidando de cada situação, problema, tribulação. Por esse motivo, o apostolo escreveu: alegrem-se, ou seja, confiem nele, afinal, vocês estão unidos a Cristo (Fp 4.4). Esse Cristo que não deixou a cruz devido ao cuidado para conosco, continua próximo, assim sendo, peçam o que querem e agradeçam continuamente (Fp 4.6).


O ansioso olha para o problema e busca solução para aquilo que nem sequer aconteceu. Antes do problema real, o ansioso já está esgotado, afinal, lutava consigo mesmo antes do problema ocorrer.


Filipenses é a carta da alegria. No entanto, pessoas leigas no assunto, imaginam que se trata de uma alegria emocional expressa por gargalhadas e sorrisos. Todavia, a expressão alegria vai além do estado emocional. O alegrar se no Senhor (Fp 4.4) significa estar confiante no Senhor que perto está com seu cuidado em todos os momentos. Alegrar-se no Senhor é estar confiante em todos os momentos, principalmente quando se está caminhando pelo vale da sombra da morte (Sl 23.4).


Aos ansiosos filipenses que aguardavam notícias de Paulo e até mesmo sua libertação, por essa carta, recebem a notícia de que tudo está nas mãos de Deus, um Senhor presente em todos os momentos.


Como combater o mal da ansiedade?

Perto está o Senhor... a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente...


Assim como os romanos montavam guarda e protegiam a cidade, os cristãos Filipenses podiam saber que a paz de Deus os guardava dia e noite.

Essa paz, esse cuidado todo especial de Deus, não pode ser dado pelo mundo (Jo 14.27), por melhor que sejam suas políticas sociais. Esse cuidado de Deus guarda corações e mentes. Essa paz de Deus, que cuida zelosamente de cada um, é a paz que guia (Fp 4.8,13).

Como lutar contra a ansiedade que nos assedia?


Perto está o Senhor... a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente...

Amém!


Rev. Edson Ronaldo Tresmann

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Não recue

Comments


bottom of page