top of page
Mulher orando

Mensagens

A estreita porta que leva ao Reino


Só há uma porta que nos dá acesso ao Reino de Deus. É estreita. Única. Nesta porta, há o brilho do perdão pleno dos pecados. Esta porta, tão estreita e tão específica, é ao mesmo tempo tão grande em amor e misericórdia. Personificada, esta porta tem nome. Jesus. Quem está com Cristo já está no Reino de Deus, apesar de ainda viver neste vale de aflições. Quem está sem Cristo, está fora do Reino da Salvação, mesmo que seja um ótimo cidadão. Jesus é o nome pelo qual se está dentro ou se está fora do Reino de Deus.


A estreita porta do Reino de Deus, nesta sociedade pluralista onde “todos os caminhos levam a Deus”, corre o risco de ser politicamente incorreta. Na verdade, sempre foi assim. Desde os tempos bíblicos, o ser humano apega-se às suas mais diversas crendices. Tal como a porta da Basílica de Santa Maria de Collemaggio, em Áquila, Itália. Desde 1294, de acordo com um decreto do então Papa Celestino V, todo aquele que passar por aquela porta, no mês de agosto, terá perdão pleno dos seus pecados. Ah, quantas portas largas há diante de nós! Que anunciam um perdão vazio, sem Jesus. Que falam de prosperidade e pouco sobre arrependimento e perdão. Que cultivam a hipocrisia ao invés da mudança de vida. Que veneram criaturas, ao invés do Criador. Enquanto isto, a porta estreitíssima continua a clamar: “eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém pode chegar até o Pai a não ser por mim” (João 14.6).


E mais! O Salvador admoesta: “façam tudo para entrar pela porta estreita Pois eu afirmo a vocês que muitos vão querer entrar, mas não poderão” (Lucas 13.24). Hoje, a porta do Reino está aberta. E convidando a todos: “Este é o tempo em que Deus mostra a sua bondade. Hoje é o dia ser salvo” (2 Coríntios 6.2). Mas um dia a porta será fechada. As oportunidades cessarão. Quem tiver entrado pela porta estreita, estará na festa da salvação. Aqueles que estiverem de fora irão gritar de desespero para entrar. Mas aí, o que experimentarão não é mais o Deus misericordioso, que faz o sol nascer sobre bons e maus e que dá dias e mais dias para que haja arrependimento. Não! Os que negaram a porta estreita experimentarão o terror do castigo pleno de Deus, onde não há consolo e alívio, mas choro e ranger de dentes.


Então fica a dica: mergulhemos de cabeça para dentro da porta estreita do Reino de Deus, Jesus! Corramos para ela com nossas culpas e dores. Suportemos as aflições da vida. Pelo Batismo, já fomos adentrados para o Reino do consolo. Se você está longe da porta estreita, não desperdice a oportunidade. Hoje, a porta está aberta. Um dia, ela será fechada.




Pastor Bruno Serves

49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page