Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

© 2020 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados

 
Buscar
  • PENSE NISSO Teológica

2020, um ano perdido?

Você ainda lembra dos festejos e votos na virada do ano?


Quando iríamos imaginar que 2020 seria um ano que enfrentaríamos uma situação como a que estamos enfrentando?


Se achávamos que o mundo iria sofrer por causa dos conflitos entre Estados Unidos e Irã, logo em janeiro, assistimos o Covid19 avançar semana a semana, mês a mês. E o que era algo distante, agora está bem perto de nós.


Quando, ao ouvir os fogos da virada do ano, iríamos imaginar que escolas ficariam fechadas, que igrejas suspenderiam suas atividades, que comércios fechariam, e que grandes eventos esportivos seriam cancelados e adiados?


Quando imaginaríamos, ainda na virada do ano, que aqueles abraços e beijos com os quais nos saudávamos desejando um feliz ano novo seriam ações totalmente desaconselhadas por um bom tempo em 2020?


O Ministério da Saúde especula que a vida comece a voltar ao normal lá pelos meses de julho ou agosto.


Tomara que seja antes.


Será este um ano perdido para a saúde, para a economia, para a educação, para os esportes, para os planos e metas de muita gente?


Sim. Quem sabe sim.


Porém, tudo isto fica para depois.


Há algo bem mais importante em jogo. Nossa saúde, nossa vida. Não só a nossa, mas a dos outros também. Todos os cuidados que os protocolos nos recomendam são extremamente necessários e precisam ser obedecidos.


Nós, cristãos, também estamos isolados uns dos outros. Porém, não separados, mas unidos em oração e na Palavra de Deus em nossas próprias casas. E isto nos conforta e nos anima a “amar ao próximo como a si mesmo”.


É preciso cuidar se si mesmo. É preciso cuidar dos outros.


O amor, neste momento, age através do isolar-se e do não ir ao encontro. É preciso levar a sério os protocolos de cuidados.


Seja qual for o tamanho da sua preocupação, ore ao SENHOR. Leia o Salmo 91. Confie nele. Peça que o Espírito Santo o conforte, o anime e o use como instrumento para evitar a propagação do Covid19, nem que a forma deste instrumento seja servir ao SENHOR em casa, estudando e trabalhando no lar (se possível).


2020, um ano perdido? Pode ser.


Porém 2020 é um ano que aprendemos o que é que realmente mais importa na vida.


E que Ele nos abençoe para que, logo, possamos desfrutar de bons almoços com os amigos, de gostosos abraços, de bons chimarrões com quem você gosta e de estar na Casa de Deus com nossos irmãos na fé.


Não se desespere, mas se cuide.


Ah, lembrem-se das palavras daquele que morreu e ressuscitou por nós e nos espera na vida eterna: “no mundo vocês vão sofrer, mas tenham coragem. Eu venci o mundo” (João 16.33).


A voz do Salvador ainda ecoa, mesmo com os templos fechados.


Ore por sua cidade. Ore pelos que já contraíram o vírus. Ore pelos hospitalizados. Ore pela nossa estrutura de saúde. Ore pelos que choram.



P. Bruno Serves

8 visualizações