Vivendo no Reino dos Céus ainda que andando aqui na terra.


O "reino dos céus é semelhante a ..." Assim que geralmente Jesus introduzia o conto das suas parábolas a respeito do Reino dos Céus. Entendemos com isso que Jesus não distancia o reino dos Céus da realidade das pessoas, mas Jesus conta as parábolas com situações rotineiras a fim de que as pessoas sejam inseridas no reino dos céus, ainda que estejam aqui neste mundo.


Como isso é possível? Por uma completa transformação da maneira de viver a vida, pensar, agir e falar. Viver o reino dos Céus, não é algo que acontece só depois da morte, mas é algo que já pode ser percebido e vivido no cotidiano de nossas vidas, quando pela fé em Cristo amamos a Deus acima de tudo e ao próximo como a nós mesmos.


Quando nossa vida aqui neste mundo, cientes da salvação por meio de Cristo, é governada por Deus, de forma que a palavra de Deus é nosso guia, para formação de nossas opiniões, orientação para nossas atitudes; então sim, já estamos vivendo o reino dos céus, pois estamos deixando Deus ser o Senhor de nossas vidas.


Uma pessoa governada por Deus tem por diferencial a característica amorosa de suas relações para com os outros. Na sociedade mundana a cultura egocêntrica faz as pessoas olharem apenas para seus próprios interesses, suas próprias opiniões e com bases no que pensam emitem julgamentos sobre os outros, emitem opiniões e emitem sentenças. Jesus mostra que no reino dos céus não é assim, e por isso com o cidadão do reino dos céus também não deve ser assim.


Não é o que eu penso, não é o que eu acho, não é a sentença que eu construí em meu próprio mundinho que deve servir de base para as relações interpessoais do cristão. Aquele que vive, ainda que neste mundo, mas já como cidadão do reino dos céus, não fala, não age conforme seu próprio pensamento que é carnal e humano, mas fala, age e pensa motivado pelo amor que recebe em Cristo Jesus. Pois conforme nos orienta o Apostolo Paulo, Para mim o viver é Cristo, vivo não mais para os meus próprios desejos e pensamentos, mas Cristo é quem vive em mim, pela ação do Espirito Santo. Gl. 2. 20




REV. Lucimar Velmer

11 visualizações0 comentário