Vá para a manjedoura


O período da pandemia fez com que as pessoas ficassem mais tempo on line do que off line. On line muitas pessoas navegaram em sites e canais que semearam sementes duvidosas e causaram muitos estragos na vida espiritual de muitos cristãos.


Muitos canais com seus influenciadores lançaram sementes que apenas contradizem a Boa Nova do evangelho. Dessa forma, uma expressão bíblica combinada com outra contraditória e tudo que se crê desde infância tornam-se questionáveis. Cheios de questionamentos e duvidosos das suas crenças que foram abaladas, pessoas tem deixado de ver o que de fato precisa ser visto nas páginas, nos ensinamentos e doutrinas das Escrituras: Jesus.


O que você tem visto nas páginas da internet está contribuindo para o seu desenvolvimento espiritual cristológico (Cristo) ou tem levado você a dúvida?


A internet é uma grande bênção, mas, tem sido também arma nas mãos do inimigo do evangelho para confundir as pessoas. Temos a possibilidade de ver muitas coisas, todavia, entre as muitas coisas que vemos, principalmente na internet, tem impedido as pessoas de verem Jesus Cristo, nascido na manjedoura.


O apostolo Paulo escreveu aos coríntios: “O deus deste mundo cegou a mente daqueles que não acreditam, para que eles não vejam a luz das Boas novas...” (2Co 4.4). As boas novas da qual a Palavra de Deus fala é Jesus Cristo. Tudo que nos impede de ver Jesus Cristo é arma do diabo para nos fazer perder a herança eterna.


Lutero disse que a Bíblia é a manjedoura dentro da qual Jesus está deitado.


Ouça a mensagem dos anjos aos pastores: “Eu vim para lhes dar Boas Novas de grande alegria para todo o povo. Hoje, na mesma vila onde Davi tinha nascido, nasceu o Salvador. Ele é o Cristo, o Senhor! E isto lhes servirá de sinal: Vocês encontrarão um menino enrolado com panos e deitado numa manjedoura” (Lc 2.10-12).


Os pastores que viram os anjos foram até o local indicado “e viram o menino deitado na manjedoura” (Lc 2.16). Desse ver os pastores se tornaram os primeiros evangelistas humanos a respeito de Jesus. Lucas registrou que “quando eles (os pastores) o viram, contaram a todos sobre a mensagem que tinham recebido a respeito daquela criança” (Lc 2.16).


As pessoas veem evidencias de estudiosos a respeito disso ou daquilo e assim passam a duvidar da mensagem a respeito de Jesus. Parece que simples argumentos são mais suficientes do que a evidência da manjedoura e da cruz.


O argumento é sempre a tese de Tomé: se eu não ver com meus olhos de modo nenhum crerei.


O mistério da encarnação do Filho de Deus não cabe na nossa limitada razão. Crer é uma batalha no campo da razão. Por isso, o profeta Isaías e o apostolo Paulo repetiu aos Corintios: “Destruirei a sabedoria dos sábios e acabarei com o conhecimento dos instruídos” (Is 29.14; 1Co 1.19). Dessa forma, “Deus tem mostrado que a sabedoria deste mundo é loucura” (Jó 12.17; Is 19.12; 44.25; 1Co 1.20). Por esse motivo, o apostolo João na sua segunda carta adverte que “se alguém for até vocês e não levar o ensinamento de Cristo, não recebam essa pessoa na casa de vocês...” (2Jo 10). Desconecte-se desse canal. Não deixe nenhum argumento racional destruir sua fé. O apostolo Judas na sua carta impeliu “tenham misericórdia dos que têm dúvidas” (Jd 22). Essa mensagem é justamente pensando em você que está lutando nesse campo de batalha e começando a deixar germinar a semente da dúvida. Cuidado para esse semente que está germinando não cresça e produza frutos.


A Bíblia não me proíbe argumentar, raciocinar e questionar, no entanto, a Bíblia tem apenas um objetivo: levar a fé em Jesus (Jo 20.31; Rm 10.17).


Nesse sentido, Deus deseja que seus filhos ouçam constantemente sua Palavra. Como anunciado por Jesus Cristo: “Tudo passará, só não passará a Palavra de Deus” (Lc 21.33).


O apostolo João ao escrever a carta de Jesus para sua igreja, destacou a respeito do cuidado que devemos ter com a meretriz, ou melhor, com aquele que nos afasta de Cristo, pois, todos os que estiverem vivos ouvirão a voz da igreja triunfante o grande aleluia e assim a meretriz será destruída e os crentes viverão eternamente (Ap 19).


Anjos continuam sendo enviados. Esses anjos conforme disse Jesus são os pastores (Ap 1.20). Esses pastores por sua vez continuam a ver o menino Jesus na manjedoura (Bíblia) e continuam a testemunhar a respeito dessa criança.


Eles os pastores encontraram Jesus na manjedoura. Os pastores de hoje continuam encontrando Jesus na manjedoura: as Escrituras. Eles testemunham fielmente a respeito de tudo que ouvem das Escrituras, o berço onde Jesus está deitado. Dessa forma, recomendo: vá a manjedoura onde está Jesus e ao vê-lo, testemunhe! Amém!




Rev. Edson Ronaldo Tressmann

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo