Um novo sangue em nós


Texto base: 1 Co 1.4-9


Por estarem unidos com Cristo, vocês foram enriquecidos em tudo, tanto no dom de anunciar o evangelho como no dom da sabedoria espiritual. v.05


Toda vez que vamos fazer um negócio, seja ela uma aquisição de um bem, olhamos quais o benefícios que este bem vai nos trazer. Quando estamos contratando um seguro, ficamos atentos como e até que ponto estamos assegurados. Se será vantajoso fazer o seguro ou não compensa diante do valor que será pago. Todas as nossa negociações e transações sempre estamos buscando benefícios para fazê-los.


Com respeito a vida espiritual é um pouco diferente. A igreja não é uma casa de negócios, onde vamos negociar algumas coisas com Deus. No entanto, mesmo não negociando, estar na casa de Deus, em torno da palavra, recebendo a santa ceia, traz alguns benefícios para cada um de nós. E aí que está da importância de participar sempre quando tivermos oportunidade.


No texto que me baseio para esta mensagem, Paulo saúda a igreja de corinto, com uma gratidão, um elogio. Ele fala e agradece a Deus que a graça de Deus chegou a eles também. E a partir disso, ele diz assim: Por estarem unidos com Cristo, vocês foram enriquecidos em tudo, tanto no dom de anunciar o evangelho como no dom da sabedoria espiritual. v.05. Paulo está dizendo que eles recebem benefícios, ele usa as palavras: Vocês foram enriquecidos... Significa que a igreja de corinto recebeu, e nós também recebemos, e todo aquele que crê e é batizado no nome dele recebe. Por isso, amados, você e eu somos ricos! Não porque fizemos uma boa negociação, mas porque Deus nos aceitou e veio resolver nosso problema, ele veio ao nosso encontro. E não só veio como vem também em a cada culto, trazer aquilo que nos fortalece na fé e apaga as nossas culpas.


Por isso que o culto se torna tão especial, é onde temos um encontro com Deus, na Palavra e no sacramento, que vem apagar nossas transgressões. Quando entramos nesta igreja viemos como um morto, e recebe nova vida na Palavra e Santa Ceia. E esta riqueza que Paulo se refere. E por falar em morto, existe um livro chamado “a imagem e semelhança de Deus – uma analogia do corpo humano com o corpo de Cristo. Este livro foi escrito por um jornalista americano, Philipp Yancey, junto com um médico chamado Paul Brand. Neste livro o médico conta a história que diversas vezes no hospital em que ele trabalhava se deparava com pacientes que muitas vezes chegavam no hospital a beira do óbito. E muitos deles eram salvos com uma transfusão de sangue. O que acontece? Eles recebem um sangue novo, quando perderam o seu, seja por doença, fratura que possa levar a uma hemorragia interna ou externa. A partir disso, o médico traz a seguinte reflexão: Na vida espiritual não é diferente, quando estamos à beira da morte, só um novo sangue para nos fazer viver novamente, e este é inserido em nós quando participamos da Santa Ceia. Lá está o sangue de Cristo que começa correr em nossas veias e traz vida, e como Jesus disse: vida em abundancia;


Nisto somos então enriquecidos, para que se cumpra aquilo que Paulo diz no versículo 08 do texto: Cristo vai conservá-los firmes até o fim para que no dia da volta do nosso Senhor Jesus Cristo vocês não tenham culpa de nada.


Quão bom é saber que em Jesus somos ricos, e que ele vem ao nosso encontro na Santa Ceia, para conservar-nos firmes. Amém.




Rev. Gabriel Boldt

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo