Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

© 2020 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados

 
Buscar
  • PENSE NISSO Teológica

Sendo elevado para o céu

É uma data festiva para a igreja cristã. A ascensão de Jesus é relatada em At 1. 4-11 e Lc 24.51. Jesus, após sua ressurreição e antes de ser elevado para o céu, esteve com seus discípulos por durante 40 dias, essa informação podemos encontrar em At 1.3. E os instruiu sobre as coisas do Reino de Deus. Jesus que foi “assunto ao céu”, ou seja, Cristo que foi elevado para o céu, Atos 1.11, na Revista Almeida e Atualizada. Então, Cristo Jesus foi elevado para o céu por meio de Deus Pai. Também está em Efésios 4. 10: “Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para encher todas as coisas”, vale destacar que aqui, na carta aos efésios, temos o próprio Jesus que foi para o céu.

E, finalmente, tem em 1 Pedro 3.22: “o qual, depois de ir para o céu, está à destra de Deus, ficando-lhe subordinado anjos, e potestades, e poderes”. Enfim, são vários os textos que falam sobre a ascensão de Jesus para o reino celestial: Hebreus 4.14; 6. 19-20; João 3. 13; 20.17;14.2. Cristo que está exaltado á direita do Pai, Filipenses 2.9, ou seja, a humilhação de Cristo Jesus foi a base para sua exaltação. Ao aceitar obedientemente o madeiro da cruz, o Filho de Deus demostrou ser parte da natureza divina. Ao se esvaziar, foi confiado a Jesus o governo do cosmos e dando-lhe o nome que está acima de todo nome. Como está em Apocalipse 3.21: “Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com meu Pai que está no trono”. Nota-se os traços sobre a ascensão de Jesus que se encontram no presente versículo de Apocalipse.

Pelo parco entendimento humano, a ascensão de Jesus pode ser imaginada como um objeto que é lançado para cima com uma força tremenda. Como algo que é lançado para o céu com uma força propulsora. Outra questão é imaginar Jesus sentado ao lado do Pai, na direita como enfatizam os textos bíblicos, fixado, imóvel, claro, a Sagrada Escritura está corretíssima, o que não está correto é para onde a razão humana anda. Para compreendermos todo esse cenário, vamos nos ater em nosso reformador, certa vez ele explicou: “Significa que ele está acima de todas as criaturas e que ele está fora de todas as criaturas”. Foi dada para Jesus toda autoridade, autoridade nos céus e na terra. Estando liberto das sujeições impostas pelo estado de humilhação, limitações humanas, Jesus, agora, exerce seu poder sobre o Universo. Jesus, conjuntamente com o Pai e o Espírito Santo, cuida e direciona tudo. Jesus, por estar à direita de Deus Pai, está em toda parte e, inclusive, presente na Santa Ceia.

A ascensão de Jesus ressuscitado marca o término de sua visibilidade para os seus seguidores, manifestações visíveis não mais acontecerão, tudo ocorrido durante os 40 dias. Das limitações da realidade humana, agora Cristo está em todos os lugares, não mais no literal, mas acima do universo, para perdoar, salvar e reconciliar o ser humano. Assim é o nosso Cristo, aquele que foi elevado para o céu.


Rev. Artur Charczuk

9 visualizações