Buscar
  • PENSE NISSO Teológica

Que revolução esta guerra está causando em você?

Falar em guerra é falar sobre sofrimentos diversos, mortes e consequências gravíssimas para a sociedade. As guerras do século passado estão registradas nas páginas mais sombrias de nossas histórias.

Porém, mesmo repleta de horrores, as guerras literalmente revolucionam a tecnologia de sua época. Infelizmente, em busca das melhores armas e formas de combate, a ciência acaba aflorando em um pouco espaço de tempo. E, por mais medonhos que sejam os motivos para os quais as tecnologias foram criadas ou aperfeiçoadas, eis que elas continuam até hoje em nosso cotidiano e, pasmem, nos são muito úteis. Por exemplo: o micro-ondas, o computador, as lâmpadas ultravioletas, rádio sem fio, GPS, a panela de teflon e até mesmo o zíper da calça. A tecnologia pós-guerra está ao nosso redor, sem falar ainda nas revoluções na medicina, como a cirurgia plástica ou até mesmo a utilização da penicilina, a qual abriu portas para o antibiótico. Ah, sem falar dos Fuscas e dos Jeeps, carros que tiveram seus genes atribuídos a um período de guerra. Nesta semana ouvi uma declaração de Biil Gates que me chamou muito a atenção. O gênio da Microsoft comparou a pandemia da Covid-19 a uma guerra mundial, porém com uma enorme diferença: estamos todos do mesmo lado. Somos todos contra um vírus. E, neste ritmo das guerras revolucionarem a ciência e a tecnologia, vejo esta guerra mundial contra o novo corona vírus revolucionar também nossos dias. Observe a luta da ciência e da medicina para a criação de uma nova vacina. Observe os pesquisadores do nosso Brasil, tão depreciados em vista dos estrangeiros, produzirem um respirador para UTI com um valor 15 vezes mais barato que o convencional. Observe nossos governos ampliando a rede hospitalar, quando a pouco tempo isto não era nem cogitado diante dos corredores cheio de enfermos. Observe a ampliação das vagas de UTI, onde a pouco tempo era uma peregrinação encontrar uma vaga para enfermos ou acidentados. Ainda hoje observei um comentarista falando no jornal que, nesta luta contra a Covid-19, até mesmo a telemedicina foi forçada a ser colocada em prática. Seriam estas as revoluções de uma guerra mundial contra um inimigo invisível? E como seres humanos, quais são as revoluções que esta luta atual tem causado em nós? Posso estar errado, mas esta guerra contra o corona vírus está nos convidando a literalmente sermos humanos. Se vivíamos em um ritmo frenético de consumismo, estrelismo e em uma inútil disputa de belezas, agora somos convidados a focar no que é verdadeiramente uma vida digna, em família, com saúde e com condições de sustento. Mas também somos convidados a olhar mais para os lados, para cuidar dos que são frágeis, dos que necessitam de atenção. Quem sabe uma grande revolução que esta guerra da pandemia esteja causando em nós é nos ensinando que precisamos mais uns dos outros, e não apenas de objetos, bens e realidades virtuais. E, especialmente, como cristãos, esta guerra contra a Covid-19 está fazendo aflorar em nossas vidas diversos frutos da fé. Poderia citar aqui o verdadeiro arrependimento e sede do perdão dos pecados, especialmente diante das incertezas do futuro. E como não falar a respeito de uma valorização da Santa Ceia, que não deve ser celebrada apenas como algo rotineiro, mas como a celebração da graça de Deus, dando-nos o perdão dos pecados? E como não falar a respeito do amor pela Casa de Deus, nossa Congregação, e a importância de estar nos cultos com nossos irmãos na fé? E como não dizer que esta guerra, repleta de distanciamento social, fez com que muitas famílias cultivassem o momento de leitura bíblica, devoção e oração em suas próprias casas? Bem, se esta é uma guerra, como disse Biil Gates, ela certamente estará nas páginas mais tristes da humanidade. Mas ela proporcionará pequenas e grandes revoluções e transformações, seja na produção de um complexo respirador, seja na melhoria de um sistema hospitalar, seja na forma de ver a vida e a nossa fé cristã. E, se estamos todos nesta batalha, lembremo-nos do conselho de Deus dado a Josué, também diante de uma batalha: “Seja forte e corajoso! Não fique desanimado, nem tenha medo, porque eu, o SENHOR, seu Deus, estarei com você em qualquer lugar para onde você for” (Josué 1.9). Use sua máscara, lave bem as mãos e fortaleça sua fé no Salvador Jesus. Nesta guerra, o SENHOR está lutando ao nosso lado. Pastor Bruno Serves

24 visualizações
 

Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter

© 2020 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados