Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

© 2020 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados

 
Buscar
  • PENSE NISSO Teológica

Quaresma, uma música em tom menor

Desconheço gente que não gosta de música. Pode ser bandinha, gauchesca, rock, sertanejo ou samba. Não há quem resista às suas músicas preferidas. Logo o pezinho começa a bater no chão, a melodia é assobiada, o ritmo invade a mente. É interessante como a musicalidade tem o poder de nos influenciar, de nos convidar a dançar ou a ficarmos tristes, a nos inspirarmos ou a chorarmos.


As músicas “Do Fundo da Grota” do Baitaca, ou “Barco do Amor” dos Atuais, são convites para se alegrar, dançar e festejar. Já as clássicas do sul do Brasil “Desassossegos” de João Chagas Leite e “Pedacinho Do Meu Coração” da Banda Terceira Dimensão são músicas em um ritmo mais calmo, que convida a reflexão. O mesmo vale para quem ouve “Radio Ga Ga” do Queen e logo depois acaba ouvindo “Love Of My Life”, da mesma banda. Uma música nos convida a euforia, a outra nos convida a lamentar e a pensar.


Esta semana a música que rege nossas vidas mudou de tom. Saiu a Epifania, celebrada com alegria pelos cristãos, iniciada na visita dos magos do oriente ao menino Jesus. Agora entrou a música da Quaresma, em tom menor, cadenciada e calma. Epifania é festa pela manifestação do nascimento de Jesus. Quaresma é reflexão e tempo de desacelerar pelo sofrimento do Salvador e pela sua iminente ida ao Calvário. A troca desta playlist se deu na quarta-feira de cinzas. E assim a Quaresma, tocada em um ritmo cadenciado, irá nos convidar a pensar e refletir até a Páscoa.


"Voltem para o SENHOR, nosso Deus, pois ele é bondoso e misericordioso; é paciente e muito amoroso e está sempre pronto a mudar de ideia e não castigar”. Aí está o ritmo da música quaresmal, no livro de Joel, capítulo 2. A Quaresma nos convida a voltarmos ao Senhor. Sem hipocrisia. Sem falsidade. Sem desculpas. Sim, somos convidados a estarmos diante de Deus, colocando nosso coração na balança e assim confessar, ao som de música triste e em tom menor, que somos pecadores e que necessitamos de perdão.


Confesse suas culpas. Peça perdão. A vida pode ser diferente. Não precisamos remoer e alimentar culpas que alguém já as carregou em sua cruz. A música triste da Quaresma é um pano de fundo para o grande festejo da salvação, o domingo de Páscoa, quando Jesus ressuscitou e assim garantiu perdão e vida eterna.


Então fica a dica: volte para Deus. Ore pedindo um arrependimento verdadeiro. Ore pedindo perdão. Ore pedindo por transformação. Que a música calma e desacelerada da Quaresma nos conduza nesta transformação.




Pastor Bruno Serves

8 visualizações