Prejuízo ou Lucro?


A um ditado que diz: Perdeu a saúde, perdeu pouco.

Perdeu o dinheiro, perdeu pouco.

Perdeu a fé, perdeu tudo.


Nenhuma perda na vida é agradável, mas existem coisas que podem ser recuperadas, por isso as prejuízos financeiros entristecem, mas tudo pode ser melhorado com dedicação e trabalho.


Quando a perda é na saúde, a dor é maior. Somente sabe o que vale a saúde, aquele que a perdeu. Humanamente falando, a saúde não é tudo, mas não adianta ter tudo neste mundo se não tiver saúde.


Mas existe uma perda que é ainda mais significativa do que a perda financeira ou da saúde. Falo da perda da fé. Esta perda, por sua vez pode ser indolor, imperceptível e até mesmo prazerosa aos olhos humanos.


Esta perda vai acontecendo no distanciamento do amor de Deus que está em Cristo Jesus para seguir nossos instintos carnais, ou ainda pra seguir as tendências oferecidas pelo mundo. Por isso Jesus nos leva a reflexão dizendo: Pois que proveito há para o homem se ganhar o mundo inteiro, mas perder a sua alma? Mt. 16. 26.


Neste sentido a vida deve ser vivida não apenas sob a perspectiva deste mundo, mas também na perspectiva sobre o que nos aguarda depois da morte. Jesus Cristo nos propõe um caminho de vida que aos olhos carnais pode parecer limitador e pouco prazeroso, mas neste caminho poderemos avaliar melhor o que são perdas ou ganhos, pois ouvindo (ouvir é seguir) sua palavra e crendo no seu nome como Salvador, temos a Salvação e a certeza da vida Eterna.




Rev. Lucimar Velmer

19 visualizações0 comentário