Perguntar ou questionar? *Humildade ou teimosia?


Minha filha mais velha está numa fase de querer saber de tudo. São muitos "porquês" em todos os momentos, assim como são muitos questionamentos sobre as regras de casa. Eu sei que isso vai aumentar!


O ser humano é curioso. Tem dúvidas e é questionador. Por um lado é ótimo isso, pois perguntar e questionar aguçam a vontade de ter mais conhecimento.


O ruim é quando a pergunta e o questionamento deixam de ser ferramentas para tirar dúvidas e trazer conhecimento, para ser apenas teimosia e soberba, para bater de frente, criar dúvidas e/ou tentar convencer o outro do contrário.


A Bíblia diz: "Mas quem é você, ó homem, para questionar a Deus? "Acaso aquilo que é formado pode dizer ao que o formou: Por que me fizeste assim?" (Romanos 9:20)


Nessa passagem fica claro que questionar por teimosia é algo ruim, especialmente quando isso significa ter persistência em contrariar as verdades de Deus.


Não é errado perguntar sobre as coisas de Deus, pelo contrário, é sinal de humildade, de interesse por Ele.


Se é pra sermos teimosos, que seja para nos mantermos fiéis a Jesus, que foi teimoso para nos salvar, a tal ponto de se deixar pendurar na cruz para nos dar o perdão e a vida eterna.


Se é para sermos questionadores, que seja para defender o Evangelho verdadeiro, que é o puro amor de Deus pelo ser humano.


Que sejamos teimosos (persistentes) na tarefa que é nossa: levar Cristo para todos.





Pastor Claudio Schreiber

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo