O Prazeroso Abraço da Morte.


Um domador de circo adestrou uma cobra gigante e fazia muitas apresentações ao publico, cujo numero consistia em que a cobra saia de um cesto e se enrolava no seu corpo ficando apenas a cabeça dele de fora.


Certo dia, numa apresentação noturna, a cobra estava enrolada nele e toda plateia apreensiva. Houve um corte de luz por um problema elétrico. Quando a luz voltou o homem estava caído no chão já morto. Aconteceu que a cobra se assustou com os gritos e alvoroços pela queda de luz e se contraiu matando o domador.


Assim são as seduções mundanas que nos desviam da palavra de Deus. Parecem uma brincadeira inocente quando se apresentam a nós, as vezes até convivemos com ela por anos, até que tais seduções nos abraçam e nos sufocam na condenação eterna.


Graças a Deus temos a Jesus Cristo que sendo o nosso Salvador veio para esmagar a cabeça da serpente que tenta nos sufocar na condenação. Em Cristo podemos e devemos nos considerar mortos para o pecado e Vivo para Deus. Rm. 6. 11


Isso significa que não devemos nos acomodar naquilo que parece ser prazeroso e bom, mas que nos abraça para a contrariedade com a vontade de Deus, mas em Cristo devemos viver uma nossa vida, seguindo os seus conselhos e observando os seus ensinamentos.





Rev. Lucimar Velmer

32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo