Buscar
  • PENSE NISSO Teológica

O coração de um pastor

Nesta quarentena tenho percebido mais do que nunca algumas coisas se concretizarem na vida pastoral. Aprendemos no seminário que o pastor tem que ter cheiro de ovelha, ele precisa gostar de gente, pois se assim não for, é melhor escolher outra profissão. Por mais forte que pareça a expressão, ela, de fato, é verdade. O pastor vai estar com as pessoas o tempo todo, ele muitas vezes vai se sujar tentando ajudar a ovelha rebelde e extraviada. Ele muitas vezes vai perder horas de sono preocupado com as ovelhas. Muitas vezes vai ficar com fome, por estar dando atenção as ovelhas. Ele também vai se alegrar e chorar com as ovelhas nos mais diversos momentos da vida. Isso tudo ele faz, não porque no final do mês vai receber o seu salário. Não porque se assim não fizer, ele vai receber advertência de sua diretoria. Ele assim o faz, pois ele gosta das ovelhas, pra ser mais sincero, ele ama as ovelhas. Ele gosta de estar com elas!

Não é estranho nesta quarentena muitos pastores estarem não somente preocupados, mas até mesmo deprimidos por estar longe das ovelhas. Pois ele ama as ovelhas que o Bom Pastor Jesus conferiu a ele. Talvez uma pergunta que poderíamos fazer é: Será quem está sentindo mais a ausência? A ovelha ou o pastor? Não sei, pois não ouvi o outro lado ainda, mas me arrisco a dizer, nesta quarentena o pastor está sentindo mais que a própria ovelha.

Isso tudo me faz lembrar uma passagem de Jesus quando disse: O bom pastor, dá a vida pelas suas ovelhas (Jo 10.11). Claro que Jesus, estava se referindo a ele, pois somente ele é capaz de fazer isto pelas suas ovelhas, mas quando amamos as ovelhas, entendemos melhor o que Jesus estava querendo dizer.

Isso tudo também me faz lembrar outro dito de um professor do seminário. Ele dizia: “Vocês já vem pastores de casa. Nós não formamos pastores, só passamos conhecimento. Quem forma o pastor é o pai e mãe.” Quem sabe está quarentena também não seja para provar o que é ser pastor?! Pois, se para ser pastor, é preciso gostar de gente e ter cheiro de “ovelha,” talvez neste momento podemos estar sentindo a falta do cheiro delas.

Que bom é saber que mesmo sendo pastor, e hoje estando ausente fisicamente das ovelhas, nós e nem elas, estamos desamparadas, Jesus o maior Pastor, pode estar onde nós humanos não podemos estar. Ele sim, vai guardar o rebanho até o dia que pudermos novamente nos encontrar. Amém.



Rev. Gabriel Boldt

36 visualizações
 

Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter

© 2020 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados