Buscar
  • PENSE NISSO Teológica

Narciso e a ressurreição de Jesus

Também chamado de Auto admirador, Narciso foi um herói na mitologia grega. Herói nas terras de Téspias e Beócia. Conforme a mitologia grega, Narciso era filho do deus Cefiso e da ninfa Liríope. No entanto, uma mensagem foi predita sobre a vida de Narciso: o jovem teria uma vida longa, mas ele jamais poderia contemplar sua própria figura. Narciso cresceu e se tornou um grande guerreiro, robusto e despertador de paixões. Mas Narciso não acolheu nenhuma das paixões despertas, pelo contrário, ele excluiu todas. Narciso era um rapaz orgulhoso de si próprio, qualquer pessoa era mínima para ele. Sendo assim, as paixões, com suas feridas abertas devido os inúmeros nãos de Narciso, queriam vingança. Pediram para Afrodite, deusa do amor, que castigasse Narciso. E assim realizou Afrodite: ela fez com que Narciso se apaixonasse por si próprio no reflexo de um rio. E assim ficou o jovem Narciso: deitado diante de um rio até morrer. Narciso se admirou até definhar. O jovem estava apaixonado por si próprio. Interessante olhar para esse mito, irmãos, embora sendo uma invenção humana, mas ele nos dá a sensação de que Narciso continua a olhar para si até hoje, ou seja, Narciso está nos corações dos homens. Pois o ser humano possui tal atitude, ele quer apenas olhar para si próprio, para suas vontades e inquietações. O homem almeja pelo seu próprio reflexo, reflexo acobertado por paixões e ímpetos. Para o ser humano, Narciso da atualidade, não existe espaço para mais ninguém, somente para ele e suas realizações. Vale lembrar que o termo narcisismo vem de Narciso, isto é, amor a si próprio, amor que envolve apenas o eu e nada mais. Enfim, é o quadro do pecado, dos rompantes decaídos dos homens, todos nós temos um Narciso interno. Mas o nosso Deus, nosso Jesus, não abandona o ser humano. Embora sendo o homem uma criatura narcísica, Jesus oferta o perdão, salvação e uma vida reconciliada com Deus. Jesus convida o indivíduo a deixar de olhar para si próprio, para seu reflexo, e voltar os seus olhos para a grande verdade, ou seja, Jesus Cristo, o Deus que venceu o diabo, a morte e a destruição. Arrependimento, entrega dos pecados, são passos que desvendam os olhos humanos, tira o homem da cegueira, do estado narcísico. Jesus ressuscitou! Eis a grande verdade! É nela que o ser humano deve voltar seus olhos, eis a realidade que está acima de qualquer entendimento. O estado narcísico apenas deixa o homem na sombra do pecado até definhar, mas Jesus, o verdadeiro centro de todas as coisas e do ser humano, a humanidade é capaz de vislumbrar os portões celestiais abertos. O Deus ressuscitado, Cristo Jesus, não é um mero reflexo, todavia é a grande verdade anunciada para os homens. Assim como a pedra da tumba de Jesus foi retirada, anunciando sua triunfal ressurreição, as pedras que cegam à humanidade, dentre elas o narcisismo, também são extirpadas, tudo por meio do verdadeiro Senhor, Jesus Cristo.


Rev. Artur Charczuk

16 visualizações

Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

© 2020 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados