Mesmo que ressuscite alguém, não crerão...

Há muitas pessoas que dizem assim: se algo de extraordinário, uma revelação nova ou milagre acontecer em minha vida eu acreditarei em Deus. Será mesmo que se algo assim acontecesse essas pessoas acreditariam em Deus?


Certa vez Jesus contou a história do rico e de Lazaro que está registrado no evangelho de Lucas capitulo 16. 19-31.


Nela nos vemos dois homens. Um rico e outro mendigo chamado Lazaro.


O rico era amante do luxo, era uma pessoa egoísta, avarenta, sem amor ao próximo.


Lazaro era um pobre e miserável mendigo, coberto de feridas que os cães lambiam. Faminto a tal ponto que se alimentava das migalhas que caiam da mesa do homem rico.


Aconteceu que lazaro morreu e foi levado ao paraíso, lugar de paz e felicidade eterna. Lugar onde desfruta da gloriosa e bendita presença de Deus e todos os redimidos em Cristo.


Lazaro foi salvo não porque ele era um pobre e miserável mendigo, mas porque colocou sua esperança em Deus e assim foi lavado dos seus pecados pelo sangue de Cristo.

O rico também morreu. E foi para o inferno. Lugar de tormento e sofrimento eterno. O inferno é uma realidade. Uma vida sem Deus aqui neste mundo conduz a uma eternidade longe de Deus. Lá no inferno uma simples gota de agua poderia aliviar um pouco o seu sofrimento, mas nem isso ele tinha.

O rico foi para o inferno não porque era rico, mas porque rejeitou a Palavra de Deus, e assim a sua falta de fé fez com que agisse com falta de amor em relação ao próximo.


No inferno, o rico pede para Abraão que mande lazaro até a casa de seus familiares para que os avise para que assim não venham a esse lugar de sofrimento.


Mas Abraão respondeu: “Os seus irmãos têm a lei de Moisés e os profetas para os avisar”. Ou seja, eles tinham o Antigo Testamento que os alertava sobre o inferno e como escapar dele.


“Só isso não basta, Pai Abraão”, respondeu o rico. “Porém se alguém ressuscitar e for falar com eles, aí eles se arrependerão dos seus pecados”.


Mas Abraão respondeu: “Se eles não escutarem Moisés e os profetas, não crerão, mesmo que alguém ressuscite”.


Amigo e amiga! O próprio Jesus Cristo, o Filho de Deus ressuscitou dos mortos, mas mesmo assim muitos líderes judaicos não creram.


Nós hoje temos a revelação completa e final de Deus- a Bíblia, nós temos o Antigo e o Novo testamento, A Palavra Deus é suficiente para nos levar ao arrependimento dos nossos pecados e a fé em Jesus Cristo para sermos salvos.


Nós não precisamos de experiências comoventes para crermos em Deus e sermos salvos. Precisamos sim ouvir com reverência, humildade, atenção e fé a Palavra de Deus e crermos em seu filho Jesus Cristo que morreu na cruz e ressuscitou para nos dar o perdão dos pecados e a vida eterna.


Que nós ouçamos, leiamos, meditemos neste livro, A bíblia, pois ela é Palavra de Deus que cria e fortalece a nossa fé em Jesus que nos livra do inferno e nos conduz aos céus. Que Deus vos abençoe em Cristo. Amém




Pr. Anderson R. Henn

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo