Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

© 2020 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados

 
Buscar
  • PENSE NISSO Teológica

Diferentes Percepções de Tempo

Quando éramos crianças parecia que o relógio andava mais devagar, não é mesmo? Parecia que o espaço entre um natal e outro era enorme, que era quase uma eternidade aguardar as próximas férias. E, quando nos tornamos adultos, cheios de responsabilidades e afazeres, parece que o relógio funciona plenamente acelerado. Nesta fase da vida mal nos damos conta, mas vamos empilhando rapidamente sobre os ombros os natais, aniversários, férias e tudo o mais que, lá nos tempos de criança, pareciam ser distantes e lentos para serem vividos.

Estes dias li uma explicação científica para esta sensação do tempo ser lento na infância e acelerado quando adultos. É a chamada Lei de Weber. A explicação é simples. Quando somos crianças, com nossa pouca idade, a diferença de tempo é muito perceptível. Quando temos poucos anos é mais fácil perceber a diferença entre uma data e outra. E, por outro lado, quando adultos a diferença entre as datas é menos perceptível. Ou seja, para um jovem de 13 anos o ano pode parecer bem mais longo do que para o adulto de 50 anos, que já viveu muito mais tempo. Quanto mais vivemos, maior é a impressão de que o tempo voa!

Independente da fase da vida e das diferentes percepções de tempo que temos, há um conselho bíblico valioso: “Faze com que saibamos como são poucos os dias de nossa vida para que tenhamos um coração sábio” (Salmo 90.12). O Senhor convida a entregarmos em suas mãos cada dia de nossa existência, com nossos dilemas, medos, culpas e sonhos. Afinal, o Deus eterno fez-se homem e habitou entre nós, experimentando nosso tempo e indo à cruz para resgatar a tudo e a todos. E, com sua ressurreição, garantiu a vida que vai além do tempo, a vida que dura para sempre. Jesus é o Salvador, Jesus é Senhor sobre o tempo, Jesus é Senhor sobre nossos dias, Jesus garante a vida que nunca termina. Vida que é gerada unicamente pela fé!

Então fica a dica: se a percepção de tempo pode mudar ao longo da vida, o que não muda é o amor Deus, presente nas mais diversas fases de nosso viver: “desde que vocês nasceram, eu os tenho carregado; sempre cuidei de vocês. E, quando ficarem velhos eu serei o mesmo Deus; cuidarei de vocês quando tiverem cabelos brancos. Eu os criei e os carregarei; eu os ajudarei e salvarei” (Isaías 46.3-4).


Rev. Bruno A. Krüger Serves




1 visualização