Buscar
  • PENSE NISSO Teológica

Deus mudou de ideia

Deus viu o que eles fizeram e como abandonaram os seus maus caminhos. Então mudou de ideia e não castigou a cidade como tinha dito que faria. (Jn 3.10).

É comum no meio evangélico ouvir o termo: Deus não muda! Sabemos que esta é uma verdade. Em relação as suas promessas de salvação ele não muda, nisto ele é imutável! Agora quando vemos Deus agindo por meio da Lei ele é capaz de mudar seu veredito para salvar, para cumprir com sua promessa eterna de salvação.

O texto acima é um clássico disto. Este texto faz parte de um relato onde Deus chama o profeta Jonas para que vá até uma cidade, chamada Nínive, e que nela faça um apelo para que o povo se arrependa, deixe o caminho que estava trilhando e volte ao Senhor. Quando analisamos o conceito arrependimento, vemos que arrependimento não é somente mudança de atitudes, como muitos acham, arrependimento começa na mente, no coração, pois arrependimento de acordo com a Palavra de Deus significa mudança de mente, mudança de pensamento.


Envolvendo o relacionamento entre o homem e Deus, essa mudança de mente significa mudança no modo como o ser humano pensa a respeito de si mesmo e no modo como pensa a respeito de Deus. Ou seja, é o momento em que o ser humano tirou seu olhar de si mesmo e colocou em Deus, como autor de sua salvação sendo aquele que olha para o ser humano com misericórdia, não como juiz.

Foi isto que aconteceu com o povo de Nínive! Quando Jonas anunciou que Deus iria destruir aquela cidade. Deus ao observar que seus corações mudaram de foco, foi então que Deus mudou de ideia para com Nínive, e não mais destruiu aquela cidade como havia dito que faria.

Deus é capaz de mudar o veredito que ele mesmo criou para que seu povo seja salvo. Deus fez isto diversas vezes na história da humanidade. Deus fez isto na sua história. Quando viu que seus filhos não mais tinham nenhuma possibilidade de salvação própria, ele mesmo desfaz aquele veredito que havia decretado a Adão e Eva. No dia em que dela comeres, certamente morrerás (Gn 2,17). Esta morte estávamos todos nós sujeitos a ir, no entanto, Deus muda de ideia quando lança seu próprio Filho para que sofra esta morte em nosso lugar, Deus precisou abandonar seu Filho para que os demais filhos pudessem ter direito garantido aos céus. Isto se resume em uma palavra, amor! Amor de um Deus pela sua criação caída, ao ponto de Deus cumprir sua Lei em Cristo, para que a Lei do amor viesse a vigorar por todo o sempre. Lembre-se disto, Deus mudou de ideia para que você pudesse ser salvo!



Rev. Gabriel Boldt


20 visualizações
 

Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter

© 2020 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados