top of page
Mulher orando

Mensagens

Conscientizados da nossa total dependência de Jesus Cristo


Abordamos o texto de Isaias nesse primeiro domingo de Advento. Observando bem de perto, transparece um pedido, uma súplica. O povo está sofrendo, e isso se deve ao silêncio de Deus. O que indica é que aqueles que abandonaram a Deus agora enfrentam uma vida sem Deus. O povo que caiu na tentação e aceitou a viver conforme o espírito de auto suficiência e orgulho sente-se agora desamparado e isso os levou ao sentimento de desamparo.


O povo lembra do passado: “Elas seriam como a água que ferve em cima de um fogo forte. Os teus inimigos reconheceriam a tua fama e tremeriam de medo diante de ti. Quando fizeste coisas maravilhosas, que nós nem esperávamos, tu desceste do céu, e as montanhas tremeram diante de ti. Nunca ninguém viu ou ouviu falar de outro deus além de ti, de um deus que faz coisas assim em favor dos que confiam nele” (Is 64. 2 – 4). E olhando para esse passado, o povo lembra da intervenção gloriosa de Deus no meio do povo.

Temos diante de nós um texto (Is 64.1-9) que reflete conscientização do povo sobre sua atual situação. Já que haviam iniciado uma jornada que os afastou de Deus e os levou a tentarem buscar independência de Deus, houve arrependimento e confissão dos pecados: “...Tu estavas irado conosco, mas nós continuamos a pecar; ...todos nós nos tornamos impuros, todas as nossas boas ações são como trapos sujos. Somos como folhas secas; e os nossos pecados, como uma ventania, os carregam para longe” (Is 64.5b–6). Dessa forma, arrependido, o povo declara sua dependência de Deus: “Mas tu, ó Senhor Deus, és o nosso Pai; nós somos o barro, tu és o oleiro, todos nós fomos feitos por ti” (Is 64.8).


Querer tornar-se independente de Deus é desejar viver o caos. Deus nos leva pela sua Palavra a termos consciência de nossa total dependência dEle. E justamente para a dependência de Deus que o apóstolo Paulo aponta aos coríntios: “Por estarem unidos com Cristo Jesus, vocês foram enriquecidos em tudo, ...” (1Co 1.5a). Assim como o profeta Isaias precisou conscientizar o povo para sua total dependência de Deus, o apostolo Paulo conscientizou os cristãos de Corinto.


O povo ao qual o profeta Isaias anunciou a Palavra de Deus reconheceu seu pecado e clamou por perdão. Deus em seu amor através do profeta Isaias anunciou a mensagem de esperança, a mensagem da salvação no descendente de Davi que viria daquele povo exilado na Babilônia. Com a certeza da salvação o povo era convidado a permanecer em Deus.


Precisamos ser conscientizados da nossa total dependência de Jesus Cristo. Pois facilmente, assim como o povo de Deus no antigo testamento, podemos nos deixar levar pelo espírito da auto suficiência e do orgulho de querer viver longe do nosso salvador. Conscientes de que o melhor lugar, é estar edificado em Jesus, nele seremos enriquecidos, e enriquecidos nEle, nada nos separará de Jesus. Em Jesus, Deus não esquecerá jamais que somos o povo dele. Amém!


Rev. Edson Ronaldo Tressmann

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page