Como não usar a Palavra de Deus


Em recente evento de lideranças de "esquerda"(?)... Uma deputada federal, Benedita da Silva, que costuma se dizer cristã e usar a Bíblia para suas "reflexões"... Mostrou que é mais um, entre tantos, que desconhece para que a Bíblia foi escrita.


Para incitar o ódio e a disputa armada, ela cita:

"quem sabe faz na hora e faz a luta. A gente sabe disso e na Bíblia está escrito que sem derramamento de sangue não haverá redenção. Vamos à luta com quaisquer que sejam as armas".


O problema da deputada é que a redenção que ela fala aí, não é a volta de seus corruptos de estimação para o poder. A redenção da qual trata o texto de Hebreus 9.22 é outra e já foi feita.


Este é problema de se tentar usar a Bíblia para justificar quaisquer tipo de políticas. Isso já foi tentado, inclusive, logo após a Reforma Luterana, que degringolou para a Reforma Calvinista e Arminiana... Criando estados "cristãos", onde a lei deveria ser a Bíblia... Nunca funcionou.


O texto de Hebreus, que aqui cito da Bíblia na Linguagem de Hoje, diz assim: "De fato, de acordo com a lei, quase tudo é purificado com sangue. E, não havendo derramamento de sangue, não há perdão de pecados."


O texto fala de Jesus e de seu sacrifício para o perdão dos pecados (redenção... Palavra que a deputada não parece conhecer o significado e, se conhece, fez questão de dar sua interpretação própria).


Aliás, dar interpretação própria é o que nossas "autoridades" mais fazem... Uma hora a prova é necessária, na outra não pode ser usada... Uma hora a Bíblia é ruim e deve ser tirada dos tribunais e dos locais públicos... Outra hora, seria justificativa para uma luta armada.


Mais uma vez se vê que o que importa é permanecer no poder...


Se é para citar a Bíblia e lembrar de nossos políticos e juristas... Quem sabe o texto seria outro (Romanos 3.10-18):

Não há uma só pessoa que faça
o que é certo;

11não há ninguém que tenha juízo;
não há ninguém que adore a Deus.

12Todos se desviaram do caminho certo,
todos se perderam.
Não há mais ninguém que faça o bem,
não há ninguém mesmo.

13Todos mentem e enganam sem parar.
Da língua deles
saem mentiras perversas,
e dos seus lábios
saem palavras de morte,
como se fossem veneno de cobra.

14A boca deles está cheia
de terríveis maldições.

15Eles se apressam para matar.

16Por onde passam, deixam a destruição
e a desgraça.

17Não conhecem o caminho da paz

18e não aprenderam a temer a Deus.



Rev. Jarbas Hoffimann