Alguém está nos ouvindo!


Algo inusitado tem acontecido com frequência. Pelo menos, era uma rápida constatação informal entre amigos. E, agora, reforçada por Peter Henway, que é consultor de segurança da Asterix. O fato é que alguns aplicativos, como o Facebook, tem um ouvido ativo para nossas conversas. Inclusive, quando nosso smartphone está quietinho em nosso bolso.

De acordo com o especialista em segurança digital, há palavras chaves que servem de gatilho para a ativação do microfone. Estas informações podem ser utilizadas em serviço de marketing, como publicações de anúncios sobre produtos ou serviços relacionados à palavra chave. Confesso que já passei por esta experiência. Certo dia, na hora do chimarrão no fim de tarde, estávamos conversando sobre panela de pressão. E, para meu espanto, mais tarde, o que apareceu em forma de anúncio em meu Facebook? Panelas de pressão! Que hilário! E você, já passou por esta situação?

Saber que há alguém nos ouvido e captando nossas informações pode até parecer espionagem. Mas, lembrem-se, quando instalamos aplicativos estamos concordando em ceder informações como câmera, microfone, localização.

Por outro lado, saber que estamos sendo ouvidos pode sim nos trazer uma sensação maravilhosa, de conforto e fortalecimento. E aí o assunto já não é mais aplicativos, mas aquele que nos ouve em todos os momentos.

O Salmo 116, versículos 1 e 2, nos diz: “Eu amo a Deus, o SENHOR, porque ele me ouve; ele escuta as minhas orações. Ele me ouve sempre que eu clamo pedindo socorro”. Há alguém que nos ouve. Em qualquer lugar. A qualquer momento. Ele ouve os gritos de alegria. Mas ele também ouve as mais silenciosas lágrimas.

Sempre é tempo de orar. No trânsito, no escritório, no quarto, no corredor do hospital, na igreja. Se alguns aplicativos têm palavras chaves para ativar a captação do que falamos, na oração também há uma palavra chave. Melhor dizendo, um nome chave: Jesus. Ele é o Caminho. Fora dele, não há salvação. Sem ele, é impossível chegar ao Pai. Com ele todo o nosso orar tem um destino certo: os ouvidos daquele que nos ama incondicionalmente. Sempre que orar, ore em nome de Jesus.

Então fica a dica: leia a Palavra e ore, na certeza de que o SENHOR nos ouve. Aplicativos captando nossas falas pode ser desconfortável. Mas grande conforto é saber que o SENHOR Deus ouve nosso orar, seja em voz alta ou em pensamentos. “Orem sempre” (1 Tessalonicenses 5.17).

Rev. Bruno A. Krüger Serves

11

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo