Afinados na comunhão

Há alguns anos atrás uma estação de rádio recebeu, por carta, um pedido estranho.


Certo homem que vivia sozinho nas montanhas, pedia à estação que em determinado dia e hora tocasse no piano a nota “lá” por cerca de uns dois minutos.


O homem explicava, que vivendo solitário, sua única distração era seu violino, mas este, estava completamente desafinado e ele precisava do “lá” para afiná-lo.


A Bíblia diz: "Como é bom e agradável quando os irmãos convivem em união" (Salmo 133.1).


Algumas coisas são contraditórias no meio dos cristãos. Pensei nisso quando lembrei de muitos "irmãos" que dizem ter fé em Jesus, mas não querem aproveitar a comunhão de fé com os irmão na Igreja.


Deus não criou o ser humano para que esteja sozinho, por isso, quando viu que o homem estava só, criou a mulher, instituindo assim o casamento e a família.


Deus também instituiu sua Igreja nesse mundo, para que juntos, como um corpo, trabalhemos em comunhão com "Cristo, o cabeça da Igreja" (Colossenses 1.18), para o crescimento do Reino de Deus entre nós.


A fé em Jesus como único Salvador de todos nós, nos faz ser família de Deus. Vivemos nesse mundo pecador em comunhão, com Jesus e com os irmãos, inclusive na Igreja, que é a "comunhão dos santos".


Se a fé nos une, agimos conforme o jeito de Jesus, amamos; perdoamos; pedimos perdão; nos unimos na Igreja; nos ajudamos mutuamente.


Você não quer ir mais à Igreja? Está magoado com alguém? Sente vergonha por algo que você fez? Leia a Bíblia. Ore. Perdoe. Peça perdão. Pela fé, esforce-se para voltar à comunhão na Igreja, pois Jesus está voltando.


Com a fé verdadeira, não caímos no contraditório de achar que dá para viver a fé fora da comunhão com Cristo e com os irmãos. "Afinados na comunhão", viveremos juntos servindo a Jesus, na prática de fé e amor.




Pastor Claudio Schreiber

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo