Buscar
  • PENSE NISSO Teológica

A Palavra de Deus - Parte II: "A Palavra não confunde"

Será que Deus quer que sua Palavra seja ensinada e interpretada de várias maneiras diferentes, conforme cada pessoa ou grupo? Não! "Primeiramente, porém, saibam que nenhuma profecia da Escritura provém de interpretação pessoal" (2Pedro 1.20).

O SENHOR é um Deus de harmonia e não de confusão. Em sua Graça e Misericórdia, ele jamais fala aos seus filhos de uma forma que cause confusão e conflito. Mas, se a Palavra é clara e não possui contradições, por que há tantas interpretações diferentes? Simplesmente porque muitas pessoas e grupos procuram ler as Escrituras com suas próprias pressuposições, conforme seus corações ou objetivos.

Cuidado! Muito cuidado! Esta prática é como pegar um pedaço de vidro ou lente colorida e colocá-la sobre uma figura em preto e branco. Imediatamente, a figura parece diferente do original. Se após olharmos para a figura desta forma, falarmos para outros o que o artista desenhou, muito provavelmente estaremos fazendo uma interpretação errada.


Jesus acusou os fariseus de lerem as Sagradas Escritura erroneamente, pois faziam a partir de suas pressuposições e davam as suas próprias interpretações. Ao contrário deles, Jesus ensinou: "Vocês examinam as Escrituras, porque julgam ter nelas a Vida Eterna, e são elas mesmas que testificam de mim" (São João 5.39). Ou seja, uma leitura correta das Escrituras é uma leitura que tenha como foco e lente o próprio Jesus Cristo. Para os fariseus que não liam as Escrituras dessa forma e para as pessoas e grupos que hoje também não o fazem, Jesus diz: "Vocês não querem vir a mim para ter Vida" (São João 5.40).


Quando lemos e ouvimos a Palavra de Deus, precisamos orar pedindo a Jesus Cristo - o Verbo Eterno - que faça por nós o que ele tão graciosamente fez por seus discípulos quando "lhes abriu o entendimento para que compreendessem as Escrituras" (São Lucas 24.45).


Jesus Cristo é a Palavra de Deus! Por isso, quando abrimos as Escrituras ou a ouvimos sem as nossas pressuposições e interpretações, nós estamos colocados aos pés de Jesus, tal como Maria fez (São Lucas 10.39). Pelo fato de Jesus ser a Palavra de Deus, toda a Sagrada Escritura fala dele, ele é a lente, ele é o foco. Por isso, Jesus também ensinou aos discípulos no caminho de Emaus "começando por Moisés e todos os profetas, explicou-lhes o que constava dele em todas as Escrituras" (São Lucas 24.27).


Só há uma leitura correta das Sagradas Escrituras: Jesus Cristo! Jamais se esqueça disso e quando ouvir alguma pregação, estudo ou mensagem observe se aquela igreja, grupo ou pessoa leem a Palavra a partir de Jesus ou a partir deles próprios.



Rev. Helvécio J. Batista Júnior

0 visualização
 

Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

© 2020 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados