Buscar
  • PENSE NISSO Teológica

A missão de Jesus

Lucas 19. 1-10


“A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo estejam com todos vocês” (2Co 13.13), agora e sempre. Amém. Queridos irmãos: o Evangelho de hoje nos apresenta o publicano chamado Zaqueu. Até onde se sabe, Zaqueu não era apenas mais um publicano, mais alguém a serviço do governo de Roma, ele era o maioral. Ao que tudo indica, Zaqueu era chefe da repartição local de impostos, seus empregados recolhiam os impostos e tudo Zaqueu enviava para Roma, claro, ele tinha sua parte. Zaqueu era um homem de muitas posses. Mas, ao mesmo tempo, Zaqueu era um homem impopular, as pessoas não gostavam de Zaqueu, claro, ele retirava dinheiro de seu próprio povo e dava tudo para o povo romano. Tanto que ele tentava enxergar a Jesus, mas os demais não davam espaço para ele enxergar, não davam caminho para ele.


Então, vendo que não podia com a multidão, Zaqueu vai para o alto de um sicômoro, ou seja, uma figueira para ver Jesus, E de lá ele tem uma agradável notícia: de que Jesus ficaria em sua casa. E Jesus foi criticado por tal decisão, porque ele ficaria na casa de um pecador; assim como Jesus foi criticado diante da mulher hemorrágica, com a mulher cananeia, com o paralítico e com o cego que havia curado. Mas todos aqueles que criticavam a Jesus estavam cegos em si próprios, achando-se suficientes diante do Salvador. E ao mesmo, queridos irmãos, um quadro muito bonito se forma na relação entre Jesus e Zaqueu: Jesus realizando sua missão como Filho de Deus, anteriormente ele havia restaurado a visão de um cego, agora, novamente, vai abrir a visão de outro homem, de Zaqueu. Porque nessa relação entre Jesus e Zaqueu vemos a maravilhosa ação de Deus. Pois Deus deu toda autoridade do céu e da terra para Jesus.


Jesus trouxe para Zaqueu a misericórdia. E de imediato Zaqueu muda sua visão de mundo, tanto que ele se comprometeu em dar a metade de seus bens para as pessoas. Sim, meus queridos irmãos, em Zaqueu aconteceu o arrependimento por meio de Jesus Cristo. Zaqueu, antes cego para a grande verdade, o próprio Jesus, agora têm seus olhos descobertos para a grande mensagem para os homens: de um Deus que ama o ser humano e está disposto a perdoá-lo. Sim, em Jesus encontramos a única e verdadeira misericórdia, o Deus que nos ouve e atende as nossas súplicas, ouve o nosso desespero, nos ampara quando estamos com medo, Jesus nos traz o perdão e o arrependimento, sim, aí estão os grandes tesouros para nós. Jesus é o caminho, verdade e vida, Cristo é a nossa salvação, nosso tesouro que nos leva para Deus. Ele que venceu a morte, o diabo e a destruição. É na Palavra de Jesus Cristo que o ser humano encontra a verdadeira graça. Em toda necessidade está o senhor Jesus.


No entanto, o mundo hoje testemunha uma expansão de igrejas cada vez mais ativistas, isto é, criam técnicas de arrebanhamento de pessoas. Desde decoreba de versículos, técnicas com a voz, poses, entonação das palavras e por aí vai, são os chamados métodos evangelísticos, mas eu digo para vocês que não são. São apenas construções humanas, porque esses mesmos métodos são sustentados por promessas inventivas do homem, com conversões estupendas e prometendo uma invasão de bênçãos. Aqui, meus irmãos, tais técnicas são a mais pura idolatria, porque é o homem adorando o próprio homem, é o homem querendo tirar vantagem do próprio homem, é o pecado que todos nós temos, sem exceção.


O homem não deve fazer as coisas por causa das bênçãos de Deus, mas o homem deve fazer tudo como se Deus estivesse fazendo por ele. Aí está, meus irmãos, a grande alegria do cristão. É permitir que Jesus cuide de tudo: nossas vidas, família, trabalho, vejam que maravilha, confiar no Salvador Jesus. Nada de estratégias, técnicas que o ativismo do mundo oferece, nós temos o nosso suficiente Salvador, Cristo Jesus, e para nós já nos basta. É na Palavra, no seu estudo diário, é que encontramos o alívio diante das tempestades da vida e para continuarmos firmes na fé.


A Palavra de Jesus deve ser entendida como uma prioridade, uma necessidade na vida do cristão. É Jesus realizando sua maravilhosa missão constantemente em nossas vidas. Porque certa vez disse Martinho Lutero: “ precisamos ouvir o Evangelho todos os dias, porque todos os dias esquecemos.” Bebamos dessa fonte infinita, Jesus Cristo, é a água que nos dá vida, é o pão que nos alimenta. Sejamos espaço de missão para o Senhor Jesus, nosso Deus amado que vem até nós para nos dar perdão, salvação e uma vida com Deus. Com Jesus, de fato, nós temos os nossos olhos desvendados. Amém.


Rev. Artur Charczuk

0 visualização
 

Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

© 2020 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados