Buscar
  • PENSE NISSO Teológica

A máscara na cruz

A humanidade está debaixo de uma longa pandemia, aliás, nem sabemos quando isso tudo vai terminar, ouvimos todo o tipo de final: junho, julho, agosto, lá por setembro, etc. Há alguns que falam que o ano está perdido, que a pandemia não vai sair assim de acordo com as estatísticas. Pois bem, uma coisa é bem certa e perceptível: com a pandemia, o homem não é mais o senhor do tempo. Antes da pandemia, tudo era minuciosamente controlado, a engrenagem do relógio só dava o seu mais um tic-tac se assim o homem desejasse. E agora tudo está invertido, isto é, antes o ser humano era sobre, agora é sob. Mas enquanto alguns procuram marcar o término pandêmico, outros observam o seu chegar sem bater, infectando e causando um grande alarde por entre as pessoas. É, amigos leitores, é preocupante o que está acontecendo com o mundo.

Está havendo uma grande mobilização, a televisão está bombardeando o povo com inúmeros conselhos : fique em casa, saia se necessário, distanciamento, higiene, lave as mãos e por aí vai. E mais um artefato foi colocado em nossa vida diária: máscara. Ela começou tímida e básica, agora é obrigatória e já possui inúmeras formas e cores. Antes ela estava esquecida em usos restritos: hospitais, isolamentos, agora é parte do cotidiano da sociedade, de todos nós, ah! Não esquecendo que é uso obrigatório. Devemos usar? Sim, com certeza devemos. Claro, já ouvi algumas reclamações sobre a utilização da mesma: não dá para respirar, atrapalha à visão, deixa os óculos embaciados, etc.

Estamos reclamando de máscaras, no entanto eu fico a pensar sobre aquele que abraçou o madeiro da crucificação para retirar as máscaras do pecado da humanidade. Corruptas, hediondas, destrutíveis, sim, Jesus tomou elas para si, máscaras muito mais duras do que as de hoje. As máscaras humanas foram erguidas junto com Jesus no alto da cruz. Com isso, caro leitor, com a máscara não dá para respirar? E Jesus, no alto da dor, quantos momentos de sufocação que ele teve por vestir nossas terríveis máscaras! A máscara atrapalha à visão? E Jesus, com o seu santo sangue escorrendo pela testa, como deve ter ficado seus olhos? Óculos embaciados? E o nosso Salvador, com os olhos embaciados de sangue e suor, numa dor física mortal que jamais entenderemos. Jesus usou a pior máscara para nossa redenção. Sendo assim, não deixe de usar sua máscara, pois Jesus usou uma muito pior. Médicos, enfermeiros, sanitaristas, infectologistas, todos são instrumentos de Deus, de Cristo Jesus. Com isso, não são apenas eles que te pedem para usar a máscara para o teu bem, mas é Jesus Cristo.



Rev. Artur Charczuk

0 visualização
 

Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

© 2020 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados