Árvore de Páscoa: Osterbaum

Atualizado: Mar 31

Toni Jochem (Historiador)


Na tentativa de evidenciar as tradições trazidas pelos imigrantes alemães para o Brasil a partir do século 19, reproduzimos abaixo três pequenos textos sobre a Árvore da Páscoa (Osterbaum).

A tradição da Árvore da Páscoa pode ser resumida da seguinte forma:

Na Sexta-feira Santa coloque em um vaso um galho totalmente seco, sem nenhuma folha, deixando-o exposto em local visível na casa e finalmente no Domingo de Páscoa, ao levantar, ornamente-o pendurando ovos coloridos. Também é comum, em vez do galho, ornamentar uma árvore inteira localizada no jardim da casa ou mesmo em ambientes públicos. A árvore da Páscoa pode ser retirada a partir do segundo Domingo após a Páscoa.

De acordo com Márcio S. da Costa, no texto III, abaixo citado:

A árvore da Páscoa é montada com um galho seco, que simboliza a frieza e morte do sepulcro de Jesus Cristo. No galho são colocadas cascas de ovos coloridas, que simbolizam a alegria da vida que significa a Ressurreição do Senhor. Colocamos ovos porque o ovo significa ou simboliza que há vida dentro dele e dali ela brota, apesar de estar escondida até o momento em que a ruptura acontece. Dentro do ovo está a vida nova que surge para a luz do sol.


No Brasil a tradição da Osterbaum chegou com os imigrantes e até hoje é cultivada em algumas cidades principalmente em Pomerode, em Santa Catarina.




Rev. Jarbas Hoffimann


18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 

Receba Mensagens Cristãs Diariamente no Whatsapp. Adicione e peça (53) 99901-4822

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter

© 2021 by pensenissoteologica.com. Todos os direitos reservados